Tóquio 2020

Lance Djokovic estreia contra boliviano e pode encarar Monteiro em Tóquio

Djokovic estreia contra boliviano e pode encarar Monteiro em Tóquio

O outro brasieiro, João Menezes, enfrenta o croata Marin Cilic, que já foi campeão do Aberto dos Estados Unidos

Lance
  • Lance | por Lance

Novak Djokovic é favorito ao ouro no tênis

Novak Djokovic é favorito ao ouro no tênis

Tiziana Fabi/AFP - 21.07.2021

O sérvio Novak Djokovic, medalha de bronze em Pequim 2008 e quarto lugar em Londres 2012, encara o boliviano Hugo Dellien, 139º colocado, pela primeira vez na carreira e pode ter o brasileiro Thiago Monteiro logo na segunda fase. O cearense, 95º, estreia contra o alemão Jan-Lenard Struff, 48º, e contra o qual venceu duas em três partidas.

Outro brasileiro, João Menezes, enfrenta o croata Marin Cilic, 36º e campeão do US Open de 2014. Menezes, 217º, é o atual campeão Pan-Americano. Se vencer, o brasileiro pode encarar o sexto favorito, o espanhol Pablo Carreño-Busta, 11º. Djokovic tem Alexander Zverev, quarto favorito, como potencial rival nas semis e antes, nas quartas, pode cruzar contra o russo Andrey Rublev.

Sorteio de duplas

Marcelo Melo não terá mais a companhia de Bruno Soares, que teve apendicite

Marcelo Melo não terá mais a companhia de Bruno Soares, que teve apendicite

Divulgação/COB

Os duplistas brasileiros não terão vida fácil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. Marcelo Melo e Marcelo Demoliner, dupla que se uniu após a desistência de Bruno Soares por apendicite, encara justo a melhor parceria do ano, dona de oito títulos, incluindo o troféu de Wimbledon, dos croatas Mate Pavic e Nikola Mektic. Em Londres, Melo e o polonês Lukasz Kubot tiveram 2 sets a 0 contra os croatas, mas acabaram caindo de virada.

Entre as meninas, Luisa Stefani, 23ª do mundo, e Laura Pigossi encaram a dupla sétima favorita das canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman. Dabrowski será a parceira de Luisa no seguimento do ano após lesão no pé da americana Hayley Carter. As duas foram vice-campeãs ano passado no WTA 500 de Ostrava, na República Tcheca.

Chave feminina

Naomi Osaka, tenista japonesa

Naomi Osaka, tenista japonesa

REUTERS/Christian Hartmann - 31/05/2021

No torneio feminino, a australiana Ashleigh Barty, número 1 do mundo, é a favorita. Barty, que vem de título de Wimbledon, encara a espanhola Sara Sorribes, 78ª colocada, pela primeira vez na carreira. Aryna Sabalenka, terceira favorita, está na chave da australiana para possível semifinal. Ela estreia contra a polonesa Magda Linette.

Do outro lado da chave, Naomi Osaka, segunda do mundo, dá início à briga pelo Ouro em casa e retorna após problemas com a imprensa em Roland Garros e desistência de Wimbledon. Ela encara a chinesa Saisai Zheng, 52ª colocada. Osaka lidera por 2 a 1. Em seu caminho, a asiática tem a polonesa Iga Swiatek, sexta favorita, nas quartas e a ucraniana Elina Svitolina, quarta favorita, nas semis.

Últimas