Lance De virada, Cruzeiro derrota a Caldense fora de casa pelo Mineiro

De virada, Cruzeiro derrota a Caldense fora de casa pelo Mineiro

A Raposa conseguiu o resultado na raça e saiu de Poços de Caldas com os três pontos 

Lance
Lance

Lance

Lance

Em um duelo disputado, o Cruzeiro venceu a Caldense por 2 a 1, de virada, gols de João Diogo, para a Veterana, com Giovanni e Edu, aos 51 minutos do segundo tempo virando o jogo para a equipe celeste, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Mineiro, em Poços de Caldas.


O confronto teve emoções em várias partes do jogo, com a Veterana saindo na frente, controlando o jogo no primeiro tempo, principalmente após o gol de João Diogo.

A equipe azul sofreu, teve várias mudanças, sendo que as entradas de Rafael Santos no lugar de Marco Antônio, e Edu, autor do gol da vitória, no de Thiago, mudaram o panorama da partida a favor da Raposa, que ainda precisa de muitos ajustes para acertar o time ideal e uma forma mais segura de atuar.

Com o triunfo, o Cruzeiro chegou aos nove pontos, enquanto a Caldense segue com seis pontos, na quinta posição, mas que pode ser superada ao fim da rodada.

Próximos jogos

A Raposa encara o Democrata-GV na quarta-feira, 5 de fevereiro, às 19h30, no Mineirão. Já a veterana vai a Patrocínio duelar com o Patrocinense no mesmo dia, só que às 20h30. Ambos os jogos são pela quinta rodada.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CALDENSE 1 X 2 CRUZEIRO
Data: 5 de fevereiro de 2022
Horário: 16h30(de Brasília)
Local: Ronaldão, Poços de Caldas (MG)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Fernada Nandrea Gomes Antunes
Gols: João Diogo, aos 12’-1º T(1-0) Giovanni, aos 28’-2ºT(1-1), Edu, aos 51’-2ºT (1-2)
Cartões amarelos: Matheus Silva (CRU), Alemão (CAL), Matheus Muller (CAL), Pezzolano(Téc Cruzeiro), Pablo Pardal (CAL)
Cartões vermelhos: Giovanni (CRU), Paulo Victor (CAL)
Público pagante 2.848
Público total 3.436
Renda 102.225,00


CALDENSE (Técnico: Gian Rodrigues)

Renan Rinaldi; Yuri Ferraz, Lucas Mufalo e Jonathan Costa e Matheus Muller (Michael, intervalo ); Guilherme Borges, Ikaro (Igor Pimenta, aos 32’), Alemão (Paulo Vitor, aos 18’-2ºT), Neto Costa; João Diogo (Pablo Pardal, aos 25’-2ºT) e Douglas Eskilo (Marco Aurélio intervalo )

Cruzeiro (Técnico:Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Gabriel Dias (Geovane-intervalo), Mateus Silva (Eduardo Brock, aos 29’-1ºT), Maicon e Matheus Bidu (Daniel Junior, aos 36’-2ºT); Adriano, Pedro e Marco Antônio (Rafael Santos, aos 13’-2ºT), Giovanni, João Paulo e Thiago (Edu-intervalo)

Últimas