Daniel Guedes revela conversas com Enderson Moreira e se mostra confiante em acerto com o Cruzeiro

O lateral-direito é alvo da Raposa, mesmo com ele suspenso preventivamente por doping

Lance

Lance

Lance

Apesar de estar suspenso por doping, aguardando liberação, o lateral-direito Daniel Guedes, que tem seus direitos vinculados ao Santos segue como possível interesse do Cruzeiro para reforçar o elenco na temporada 2020. O jogador, de 26 anos revelou que teve conversas com o técnico Enderson Moreira para avaliar a sua situação.

Daniel Guedes ficou satisfeito com o interesse de Enderson, com quem já trabalhou no Peixe. Seu contrato com o time paulista vai até julho de 2022. A sua vinda para BH seria por empréstimo.

-O professor Enderson me ligou, perguntando sobre minha situação e também para saber o meu interesse em atuar pelo Cruzeiro. Foi uma conversa direta com ele, depois eu deixei tudo nas mãos do meu empresário e das diretorias de Santos e Cruzeiro- disse guedes, em entrevista à Rádio Itatiaia. ele contou que as prosas tem acontecido com frequência.

-A gente se fala a cada dois, três dias, eu mando mensagem, ele também me manda, passo todo o nosso esforço que vem sendo feito para que a situação aconteça. O professor Enderson é uma pessoa do bem, excelente profissional e me deu a primeira oportunidade no Santos. Comecei no futebol com ele, tenho carinho, respeito e gratidão gigantesca por ele- disse.

Caso de doping

Em 2019, Daniel, jogando pelo Goiás, foi flagrado no exame antidoping por uso da substância higenamina, sendo suspenso preventivamente. Ele será julgado em breve, mas a data do julgamento ainda não foi confirmada, o que pode impedir a vinda do jogar para a Toca da Raposa. O lateral mostra confiança em conseguir sua liberação para fechar com o time mineiro.

-Vou fazer tudo para que a negociação aconteça, para que eu possa retribuir o carinho que ele teve por mim no começo da carreira. Quero retribuir dentro de campo para ajudá-lo nessa missão-disse o jogador, elogiando muito o Cruzeiro.

-O que me motiva é a camisa do Cruzeiro. É um clube de muita tradição e um dos mais vencedores do Brasil. É uma camisa pesada e isso é o que motiva o atleta. O Cruzeiro é o Cruzeiro em qualquer lugar, na Série B, na Libertadores ou no Mundial, todos vão respeitá-lo. Essa missão vai ser um aprendizado e algo importante na carreira. Se isso acontecer, ficarei muito feliz- concluiu.