Lance Cruzeiro vence Sport no Brasileirão em dia do aniversário do rival

Cruzeiro vence Sport no Brasileirão em dia do aniversário do rival

Em dia em que time pernambucano comemorou 113 anos, Raposa fez festa ao triunfar por 2 a 0. Com a vitória, time chega à 8ª posição no torneio

cruzeiro, sport, brasileirão, dedé

Henrique (à frente) e Dedé esperam cruzamento no jogo contra o Sport

Henrique (à frente) e Dedé esperam cruzamento no jogo contra o Sport

Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!

O aniversário de 113 anos era do Sport, mas quem fez a festa foi o Cruzeiro. A Raposa venceu o Leão por 2 a 0, de forma sólida e com personalidade, neste domingo, no Minierão, em Belo Horizonte, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gols do Celeste saíram do zagueiro Dedé e do meia Arrascaeta. Com o triunfo, o time mineiro chegou a oitava posição, com sete pontos. E logo atrás, na nona colocação, a equipe pernambucana também soma sete.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

A partida foi favorável ao Cruzeiro a todo instante. Com posse de bola e sem levar muitos perigos de gols, a Raposa soube administrar às ações do jogo. Com o resultado, o time mineiro não leva gol pelo quinto jogo seguido na temporada. O Sport, por sua vez, tentou, nos contra-ataques, assustar os anfitriões, mas sem êxito de concluir na meta do goleiro Fábio.

AGITADO
Foi o Cruzeiro que começou com a primeira oportunidade de abrir o placar. Antes do primeiro minuto de jogo, Arrascaeta recebeu de Robinho e arriscou um chute forte. Magrão defendeu, mas não consegue segurar e Sassá mandou por cima. O juiz parou o jogo no chute do atacante, alegando impedimento, mas não estava. Porém o Sport não se assustou, e em seguida, Neto Moura avançou pelo meio e deixou Rogério na cara de Fábio. De bico, ele chutou forte e Fábio mandou para escanteio.

A Raposa teve outra chance de ficar a frente no placar, mas foi desperdiçada. Robinho cobrou a falta na área, a bola passou por todo mundo e sobrou para Arrascaeta, que chutou sem muita força e a defesa pernambucana tirou o perigo.

Confira a classificação e a tabela do Brasileirão 2018

QUE CHANCES!
O Sport permanecia um pouco recuado, explorando os contra-ataques. Em um deles, o meia Marlone vai até a linha de fundo, tocou para Sander, que cruzou e Rogério chuta prensado, e bola vai para escanteio. Na cobrança, Marlone cobrou, na primeira trave, e o zagueiro Ronaldo Alves cabeceia para fora, mas assustou o goleiro Fábio.

"CHUVERINHO"
A equipe do Cruzeiro tinha dificuldades para se infiltrar na defesa pernambucana. Com isso, a estratégia foram as bolas alçadas na área para tentar tirar o zero do placar, porém não tiveram efeitos positivos. 

LANCE DUVIDOSO
Em mais uma chegada do time mineiro, o lateral-esquerdo Egídio entrou na área cruzou rasteiro, e Sassá empurrou para o gol, porém juiz anula gol, e alega impedimento. Lance foi duvidoso. 

ESTUFOU
Em mais uma bola alçada na área, o meia Arrascaeta recebeu a bola na direita, cruzou e o zagueiro Dedé, de cabeça, mandou para o fundo das redes do goleiro Magrão, aos 46 minutos da primeira etapa. Além disso, coloca o Cruzeiro a frente no placar e saiu para o intervalo em vantagem.

POR POUCO
Logo no início da etapa final, o time da casa têm duas chances de ampliar. Aos dois minutos, em falta pela direita, Robinho cobrou, mas zaga afastou. No minuto seguinte, Egídio cruza a meia altura e bola passa por Sassá, que deixou de ampliar.

Veja as notícias do Cruzeiro no R7 Esportes

GOLAÇO!
Aos 10 minutos, o uruguaio Arrascaeta recebeu a bola na entrada da área, se desvencilhou da marcação e arriscou um belo chute, de perna direita. A redonda foi parar no ângulo esquerdo do goleiro Magrão, e ampliou para a Raposa. Mais um golaço do meia cruzeirense.

PRIMEIRA
Aos 16 minutos, o Sport teve a primeira oportunidade de diminuir. Marlone fez boa jogada pela esquerda, foi até a linha de fundo e cruzou forte na área, mas nenhum dos atacantes apareceu para finalizar.

ADIANTOU
Após sofrer o segundo gol, o Sport adiantou as linhas para tentar pressionar o Cruzeiro em seu campo de defesa. Entretanto, a Raposa estava bem postada nos setores de defesa e não chegou a levar um perigo claro de gol do Leão.

CONTROLE
O Sport não teve ímpeto no momento que adiantou as linhas. A equipe mineira soube administrar as jogadas e ainda conseguiu chegar com perigo na área do time pernambucano, que pressionou ao final, porém sem êxito para diminuir o placar. 

Veja as notícias do Sport no R7 Esportes

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2x0 SPORT

Local: Mineirão, Belo Horizonte, Minas Gerais
Data-Hora: 13/2/2018 - 11h
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo - RJ (CBF)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa - RJ (FIFA) / Luiz Claudio Regazone - RJ (CBF)
Cartões amarelos: Sassá (23'/1º tempo), Ronaldo Alves (43'/1º tempo), Sander (13'/ 2º tempo), Dedé (43'/2º tempo)
Cartões vermelhos:
Gols: Dedé (46'/1ºtempo) (CRU), Arrascaeta (10'/2º tempo) (CRU)

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha (Rafael Sóbis - 39'/2º tempo), Robinho (Mancuello - 26'/2º tempo) e De Arrascaeta; Sassá (Raniel - 18'/2° tempo). Técnico: Mano Menezes.   

SPORT: Magrão; Cláudio Wink (Fabrício Costa - 30'/2º tempo), Ronaldo Alves, Ernando, Sander, Anselmo, Neto Moura (Éverton Ribeiro - 11'/ 2º tempo), Fellipe Bastos, Marlone, Gabriel (Carlos Henrique - 21'/2º tempo) e Rogério. Técnico: Claudinei Oliveira.

Ranking: Os 20 clubes com maior arrecadação do futebol brasileiro