Lance Com baixas e dúvidas, Cuca terá de 'remontar' São Paulo contra o Bahia

Com baixas e dúvidas, Cuca terá de 'remontar' São Paulo contra o Bahia

Sem Liziero, que ficará sem jogar por até dois meses, e Hernanes, com dores, técnico precisará encontrar outra forma de montar equipe nesta quarta-feira

São Paulo, copa do brasil

Cuca deve ter o desfalque de duas peças importantes no meio-campo tricolor

Cuca deve ter o desfalque de duas peças importantes no meio-campo tricolor

ANTONIO CICERO/PHOTOPRESS

O São Paulo inicia nesta quarta-feira a caminhada para tentar conquistar um de seus maiores objetivos na temporada: o título inédito da Copa do Brasil. E o primeiro desafio na competição será diante do Bahia, pelo jogo de ida das oitavas de final. No entanto, além do adversário dentro de campo no Morumbi, Cuca e sua comissão técnica terão de enfrentar o dilema da montagem do time para esta noite, na tentativa de ajustar os esquema como os desfalques.

Veja mais: Copa do Mundo Feminina: veja campeãs e desempenhos do Brasil

Sem dúvidas, a mais sentida das ausências é a do meio-campista do São Paulo, Liziero, homem de confiança do Mancini e do técnico Cuca, além de ser considerado a peça que arrumou o meio-campo do tricolor paulista desde o mata-mata do Paulistão. Assim, o desfalque atinge diretamente o setor que vinha sendo o problema do time, antes da boa fase do clube. Na partida diante do mesmo Bahia, no último domingo, essa lacuna deixada pelo jovem são-paulino já foi sentida e a equipe acabou jogando mal.

A entrada de Luan, volante, com características de mais marcação do que controle de jogo, acabou tirando ainda mais a criatividade do meio-campo, principalmente por conta de Hernanes não estar em um bom dia. O Bahia se aproveitou da situação e dominou o setor, não deixando os paulistas jogarem.

Veja mais: Neymar faz pose. Mpabbé assume: é o melhor do PSG, da França

Para o duelo desta noite, pela Copa do Brasil, Cuca tende a optar por trazer Hudson de volta para a posição de volante ao lado de Tchê Tchê, enquanto Igor Vinícius vai para a lateral direita. Mas é possível que outras peças do meio para frente sejam alteradas. Hernanes, com dores na coxa direita, é dúvida e pode ser substituído por Nenê, com quem o treinador conversou longamente, ainda dentro de campo, após o treino da última segunda-feira.

A parte física também pode tirar Antony da equipe titular. Com dores nas costas, após pancada recebida no último domingo, e desgaste físico pela maratona de jogos, o jovem atacante deve inciar no banco de reservas, dando lugar a Everton, que atuaria pelo lado esquerdo do campo, enquanto Toró seria deslocado para a direita, mantendo Alexandre Pato no comando de ataque. Por ali, Carneiro, suspenso por doping, e Pablo, em processo de transição física, são desfalques que há algum tempo dificultam a montagem do ataque.

Veja mais: Para Léo Silva, mesmo com a derrota, o Galo fez um bom jogo no Chile

Precisando construir um bom resultado antes do jogo de volta, na próxima semana, em Salvador, Cuca terá de "quebrar a cabeça" para remontar o seu time, atingido por problemas físicos e lesões. Com a apenas um dia de treinamento coletivo antes de entrar em campo no Morumbi, a missão do técnico se mostra ainda mais desafiadora em momento decisivo do ano.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Quarta de mata-mata: veja quais times batalham na Copa do Brasil