Com 75% de aproveitamento, Mano busca vitória contra 'bloco de cima'

Técnico tem bom rendimento mas ainda não venceu equipes bem colocadas no Brasileiro: Santos (derrota), Internacional (empate) e Athletico-PR (empate)

Mano Menezes durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol

Mano Menezes durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol

Cesar Greco

Mano Menezes tem bom aproveitamento nestes 12 primeiros jogos no Palmeiras, mas tentará nesta quarta-feira (30), contra o São Paulo, obter primeira vitória contra um rival do "bloco de cima" do Brasileiro. Dos oito triunfos conquistados até aqui, o adversário mais bem colocado é o Goiás, 10º.

Veja mais: Deyverson é, sim, igual a Neymar. Só nas toscas simulações

As outras vitórias foram contra: Fluminense (16º), Cruzeiro (17º), Fortaleza (14º), CSA (18º), Botafogo (13º), Chapecoense (19º) e Avaí (20º). Contra rivais que brigam por vaga na Libertadores, o Verdão perdeu para o Santos (3º) e empatou com Internacional (5º), Athletico (8º), além do Atlético-MG (12º).

Com oito triunfos, três igualdades e apenas um revés, Mano Menezes tem aproveitamento de 75% dos pontos no Palmeiras. Luiz Felipe Scolari, seu antecessor e campeão em 2018, deixou o clube com 62,5% nas 16 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro.

A partir do São Paulo, quarto colocado, o Palmeiras ainda enfrentará neste Brasileiro: Ceará (15º), Vasco (11º), Corinthians (6º), Bahia (9º), Grêmio (7º), Fluminense, Flamengo (1º), Goiás e Cruzeiro. Ou seja, o líder, quatro postulantes a uma vaga na Libertadores, um rival no meio de tabela e quatro que lutam contra a queda à Série B.

Após bater o Avaí, na Ressacada, Mano Menezes respondeu com bom humor sobre a necessidade de vencer para manter viva alguma esperança de conquista de título - o time está a dez pontos de distância para o Flamengo.

Veja mais: Bruno rejeitado de novo. O Brasil não esquece assassinato de Eliza

- Hoje (é vencer ou vencer), quarta, domingo, na outra quarta... é vencer ou vencer. Temos que se acostumar com isso, saber conviver com essa pressão. Isso cria um espírito vencedor sob pressão. Isso prepara a equipe melhor para jogos decisivos. Quando a pressão está alta, às vezes você deixa de ser objetivo, de ser ofensivo com chances criadas. A equipe pode aproveitar esse momento para se preparar para momentos futuros importantes - apontou.

Ainda que esta seja a melhor campanha do Palmeiras em pontos corridos, empatado com 2016 (57 pontos em 28 rodadas), o time tem apenas 3% de chances de conquistar o bicampeonato. Uma vaga no G4, contudo, está praticamente assegurada: 99%. Os cálculos são do matemático Tristão Garcia.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Quem é o jogador mais indisciplinado do Brasileirão?