COI dá prazo para decidir possível mudança na data de Tóquio 2020

Membro do comitê disse que decisão dependerá do avanço do coronavírus: "Você não pode simplesmente dizer 'vamos fazer isso em outubro'"

Decisão sobre Tóquio 2020 será tomada em três meses

Decisão sobre Tóquio 2020 será tomada em três meses

Ryo Ichikawa/Divulgação

O membro mais antigo do Comitê Olímpico Internacional, Dick Pound, comunicou que em três meses irá decidir se adiará ou não a sede dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Ele prosseguiu afirmando que dependerá da propagação do coronavírus e disse que a decisão será tomada com paciência e de forma estratégica.

"Não é simplesmente adiando, algo do tamanho dos Jogos. Há tantas partes envolvidas, tantos países e diferentes épocas competitivas e televisão. Você não pode simplesmente dizer 'vamos fazer isso em outubro'", disse em entrevista para a agência Associated Press.

Muito se especula sobre a mudança do local da sede dos Jogos Olímpicos, o candidato a prefeito de Londres, Shaun Bailey, tinha sugerido a capital britânica, mas depois voltou atrás. Além de ter sido duramente criticado pelo governador de Tóquio, Yuriko Koike, que afirmou que ele só estava tentando se promover em meio ao surto de uma doença grave.

Dick Pound já deixou claro que é improvável essa mudança acontecer:

"Mudar o local é difícil porque existem poucos lugares no mundo que podem ter instalações preparadas para esse evento em tão pouco tempo, disse o dirigente, que reconheceu que o futuro do evento dependerá de como o coronavírus irá se comportar daqui para frente", disse.

Atleta olímpica, Tati Weston-Webb vai se casar com também surfista