Lance COI confirma bronze para Brasil no 4x100m rasos masculino nos Jogos Olímpicos Pequim 2008

COI confirma bronze para Brasil no 4x100m rasos masculino nos Jogos Olímpicos Pequim 2008

Vicente Lenilson, Sandro Viana, Bruno Barros e José Carlos Gomes Moreira (Codó) herdam medalha após desqualificação da equipe jamaicana

Vicente Lenilson, Sandro Viana, Bruno Barros e José Carlos Gomes Moreira (Codó) herdam medalha após desqualificação da equipe jamaicana

Lance

Lance

Lance

O Comitê Olímpico Internacional (COI) informou oficialmente nesta sexta-feira, dia 7, ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) que a equipe brasileira masculina que disputou o revezamento 4x100m rasos dos Jogos Olímpicos Pequim 2008 herdou a medalha de bronze da prova, após desqualificação da Jamaica, primeira colocada na ocasião. Como o Brasil terminou em quarto lugar na prova disputada no Ninho do Pássaro, a equipe formada por Vicente Lenilson, Sandro Viana, Bruno Barros e José Carlos Gomes Moreira (Codó) vai receber a medalha de bronze pela conquista. Trinidad e Tobago, que terminou em 2º lugar, vai herdar o ouro, e o Japão, que foi o 3º, receberá a prata.

A decisão do COI foi tomada após parecer da Comissão Disciplinar da entidade e da Corte Arbitral do Esporte (CAS) para desqualificação da equipe jamaicana (composta por Usain Bolt, Nesta Carter, Michael Frater e Asafa Powell) e após a reclassificação da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF).

O COB agora definirá, junto aos atletas, como será realizada a cerimônia de entrega das medalhas, que ainda estão de posse do Comitê Olímpico Internacional.

- Parabéns aos atletas brasileiros que, justamente, receberão suas medalhas. Não é a situação ideal esperar tanto tempo, mas no final das contas, o treinamento e esforço que fizeram será recompensado - disse o presidente do COB, Paulo Wanderley.

O Brasil já havia herdado a medalha de bronze no 4x100m feminino de 2008, devido à desclassificação da Rússia, que fora a campeã. Participaram daquela conquista as atletas Lucimar Moura, Rosangela Santos, Rosemar Coelho Neto e Thaissa Presti.

Com as realocações, o Brasil chega a 17 medalhas conquistadas nos Jogos Olímpicos Pequim 2008, sendo 3 de ouro, 4 de prata e 10 de bronze.