COB restringe atividades no CT para poucos atletas e CPB cancela treinos

Entidades ainda decretam home office para evitar riscos de contágio do coronavírus

Lance

Lance

Lance

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciaram nesta segunda-feira medidas para conter o avanço do novo coronavírus. As atividades no Centro de Treinamento do Time Brasil, no Rio de Janeiro, ficarão restritas aos atletas que buscam qualificação para os Jogos de Tóquio-2020 a partir de quarta-feira até o dia 31 de março. O Centro Paralímpico, em São Paulo, teve atividades suspensas por tempo indeterminado.

O COB vetou as atividades de treinamentos de clubes, associações e academias que utilizam os espaços destinados à sala de esportes de combate e às piscinas, bem como as do Laboratório Olímpico. A Assembleia Geral Extraordinária e a Reunião de Trabalho com as confederações agendadas para a próxima quarta-feira, em sua sede, não acontecerão mais.

A entidade informou ter recomendado às confederações que os atletas não viagem para fora do Brasil no momento e sugeriu que, dentro das possibilidades, elas e suas respectivas comissões técnicas encontrem alternativas para a manutenção da rotina de treinamentos dos atletas.

Os dois Comitês informaram que seus funcionários trabalharão em regime de home office. No CPB, que já havia cancelado as competições previstas para acontecerem no CT, parte dos colaboradores entrará de férias.

- Esperamos, desta maneira, minimizar os efeitos desta difícil realidade para aqueles que fazem parte do Movimento Paralímpico Brasileiro - afirmou o presidente do CPB, Mizael Conrado.

Mais de 900 atletas disputam quatro modalidades no CT Paralímpico

Mais de 900 atletas disputam quatro modalidades no CT Paralímpico

Lance

Treinos de natação no CT Paralímpico pararam (Foto: Alexandre Urch)

Confira a nota oficial do COB

Diante do objetivo de unir esforços para conter o avanço do novo coronavírus (COVID-19) no país e visando proteger a integridade física e a saúde de todos os envolvidos com o esporte olímpico brasileiro, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) emite o seguinte comunicado nesta segunda-feira, 16 de março:

- O Centro de Treinamento Time Brasil (CTTB) funcionará parcialmente no período de 18 a 31 de março. Visando manter, dentro do possível, a preparação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, serão adotadas medidas de restrição de acessos para redução da circulação de pessoas na instalação ao máximo possível;

- Estão, portanto, suspensas as atividades de treinamento dos clubes/associações/academias que utilizam os espaços destinados à sala de esportes de combate e às piscinas;

- As ações realizadas nas dependências do Laboratório Olímpico, assim como as avaliações externas, estão suspensas até o dia 31 de março;

- Os colaboradores que trabalham na sede do Comitê estarão em home office de 18 a 31 de março, excetuando-se as funções que necessitam ser realizadas presencialmente. Durante o período, a entidade reavaliará se as atividades poderão ser retomadas normalmente;

- Estão canceladas a Assembleia Geral Extraordinária e a Reunião de Trabalho com as Confederações agendadas para a próxima quarta-feira, dia 18 de março, em sua sede, no Rio de Janeiro;

- Destaque-se ainda que o COB está em contato constante com as Confederações e recomenda que não realizem eventos e não enviem atletas ao exterior neste momento;

- Sugere-se também que, dentro das possibilidades, as Confederações e suas respectivas comissões técnicas encontrem alternativas para a manutenção da rotina de treinamentos dos atletas, com o apoio do COB;

- Reafirma o cancelamento dos eventos próprios que seriam realizados nos próximos meses, sendo eles: o Festival 100 dias para Tóquio, previsto para os dias 18, 19 e 21 de abril, em Brasília; e o Encontro Olímpico, no dia 2 de maio, no CT Time Brasil, quando o COB passaria orientações aos atletas brasileiros já classificados para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020;

- Segue dando suporte para que a preparação e classificação de atletas e equipes do Brasil sofram o mínimo de impacto, dentro do cenário atual;

- Continuará acompanhando e respeitando os posicionamentos das Federações Internacionais, do Comitê Olímpico Internacional (COI) e do Comitê Organizador de Tóquio 2020 (TOCOG).

Confira o comunicado do presidente do CPB, Mizael Conrado

O Comitê Paralímpico Brasileiro é uma organização que trabalha com o mais alto rendimento do esporte paralímpico nacional. Buscamos sempre a excelência no desempenho dos nossos atletas. Nossos resultados demonstram cabalmente a eficácia das nossas ações. Inobstante, nossa prioridade sempre foi com o ser humano, com a saúde, segurança e integridade da comunidade paralímpica. Considerando o difícil momento que vivemos e a necessidade de caminharmos firmes, adotando todas as medidas, inclusive aquelas que implicam em sacrifício para vencermos esta grave pandemia. Depois de cancelarmos todas as competições, escolas de esportes e treinamento dos clubes no CT, suspendemos por tempo indeterminado o treinamento das seleções de atletismo, natação e tênis de mesa, que ocorreriam diariamente na estrutura do CT. Com esta medida, não resta qualquer atividade prevista para o nosso Centro de Treinamento Paralímpico. Desta forma, uma parte dos nossos funcionários estará em férias e a outra trabalhará em regime de home office, cabendo a uma parcela minoritária, de imprescindível atuação, o trabalho presencial. Esperamos, desta maneira, minimizar os efeitos desta difícil realidade para aqueles que fazem parte do Movimento Paralímpico Brasileiro.