Lance Brasileira, de 19 anos, é ouro na estreia do judô no Parapan de Lima

Brasileira, de 19 anos, é ouro na estreia do judô no Parapan de Lima

Giulia Pereira dos Santos conquista medalha no 1º Parapan que disputa. Ela venceu as lutas na categoria até 52kg; Karla Cardoso ficou com a prata

Giulia Pereira dos Santos conquista medalha na primeira vez em que disputa a competição. Ela venceu todas as lutas na categoria até 52kg; Karla Cardoso ficou com a prata

Giulia Pereira dos Santos fatura ouro pela primeira vez

Giulia Pereira dos Santos fatura ouro pela primeira vez

Alexandre Schneider/CPB/Divulgação

A primeira medalha a gente nunca esquece. Essa é a sensação da judoca Giulia Pereira dos Santos, neste sábado, que faturou - pela primeira vez - a medalha de ouro no judô pela Paralimpíada de Lima, no Peru. Estreante da competição venceu as quatro lutas na categoria até 52kg. Na mesma prova, Karla Cardoso, também do Brasil, o Brasil ficou com o bronze. A prata foi para a canadense Priscilla Gagne, e a argentina Paula Gomez completou o pódio com o segundo bronze.

- Meu sonho é estar na paralimpíada, rumo a Tóquio, né? 2020! A festa depois da medalha vai ser muito boa, uma alegria imensa. Gosto sempre de estar bem concentrada, bem focada - finalizou.

A judoca nasceu prematura, com 5 meses e perdeu a visão gradativamente e hoje tem apenas 8% da visão. Nascida em 1999, só começou no judô paralímpico em 2012. No currículo, tem uma prata do Campeonato das Américas 2017 em São Paulo, e uma prata nos Jogos Parapan-Americanos para Jovens em 2017.

Masculino

Arthur Cavalcante ficou muito perto de conquistar a medalha de ouro na categoria até 90kg. Depois de vencer o venezuelano Hector Espinoza e o mexicano Brayan Valencia, ele foi derrotado na terceira pelo americano Richard Ties. Valencia ficou com o ouro, o brasileiro com a prata e o americano com o bronze. Se tivesse vencido a última luta, o brasileiro teria sido campeão.

Na categoria até 60kg, Thiego Marques venceu por ippon o americano Ronald Hawthorne nas quartas de final, mas não conseguiu passar pelo uruguaio Henry Borges na semifinal. Com isso, ele precisou derrotar o canadense Justin Karn para conquistar a medalha de bronze.

Na categoria 66kg, Anderson Wassian perdeu logo na primeira luta para o argentino Eduardo Gauto. O resultado tirou o brasileiro logo de cara da disputa pela medalha de ouro. Com a derrota, ele foi para a respescagem, fase em que derrotou o americano Robert Kim e se classificou para disputar o bronze. Na luta pelo terceiro lugar, ele encara o cubano José Romero.