Lance Brasil tem campanha histórica e avança no Mundial de Handebol

Brasil tem campanha histórica e avança no Mundial de Handebol

Equipe comandada por Washington Nunes não teve dificuldades para bater a Coreia por 35 a 26. Seleção supera marca de 13º colocado em 2013

brasil, mundial de handebol

Fabio Chiuffa foi um dos destaques do Brasil nesta quinta (17)

Fabio Chiuffa foi um dos destaques do Brasil nesta quinta (17)

Odd ANDERSEN/AFP

Precisando da vitória para sonhar com uma vaga na próxima fase do Mundial de Handebol, o Brasil entrou em quadra nesta quinta-feira para enfrentar a seleção unificada da Coreia, atração da competição. Em partida realizada na Mercedes-Benz Arena, em Berlim, a equipe brasileira venceu por 35 a 26, está classificada para a próxima fase do torneio. De quebra, conquistou a melhor posição na história dos mundiais.

CHEIO DE EFEITO: Angolano surpreende com gol em Mundial de handebol

Depois de um começo de Mundial ruim, com derrotas para França e Alemanha, o Brasil se recuperou e venceu as duas últimas partidas do grupo A da competição, contra Sérvia e Rússia, o que reacendeu as esperanças pela classificação. A terceira posição no grupo, ou o Top 12 na competição já é a melhor campanha da história do país. Anteriormente, a melhor colocação havia acontecido no Mundial da 2013, no qual o país ficou em 13º lugar.

Na partida desta quinta-feira, a equipe brasileira não teve muitas dificuldades e foi superior aos asiáticos durante toda a partida. Com um combinado de atletas das Coreias do Sul e do Norte, os adversários não foram capazes de fazer frente ao Brasil, que venceu o primeiro tempo por 18 a 10 e a etapa final por 17 a 16. Borges (6) e Rudolph (5) foram os artilheiros do jogo.

SUPERAÇÃO: Lais Souza mexe pescoço em fisioterapia e agradece Neymar

Com a vitória, a equipe de Washington Nunes chegou aos seis pontos no torneio e assumiu a terceira posição do grupo, ultrapassando a Rússia. Mesmo que a equipe russa vença o seu confronto nesta noite contra a França, o Brasil não perde a vaga pois bateu o rival por 25 a 23 na última rodada e avança pelo critério de confronto direto. Na fase seguinte, o Brasil vai formar outra chave com França, Alemanha, Espanha, Croácia e o vencedor entre Islândia e Macedônia. Nessa fase, apenas dois se classificam.

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Neymar diz 'Parabéns, meu amor' e Letícia Bufoni responde: 'Te amo'