Lance Botafogo-SP e Náutico empatam e seguem em momento delicado na Série B

Botafogo-SP e Náutico empatam e seguem em momento delicado na Série B

As equipes precisavam de três pontos para conseguir um ânimo maior para sair do Z-4, mas no fim um empate em 1 a 1 foi o placar conquistado 

Lance
Lance

Lance

Lance

Pela 28ª rodada da Série B, o Botafogo-SP recebeu o Náutico no duelo dos desesperados tendo em vista a classificação. E o resultado não passou de um empate em 1 a 1, o que foi um péssimo resultado para os times que buscam um respiro para sair do Z-4.

Em 19º na tabela, o Botafogo chega aos 24 pontos e fica a sete de diferença do Figueirense, primeiro time fora do Z-4. Do outro lado, o Náutico segue uma posição acima com 28 pontos e ainda sonha sair da zona de rebaixamento nas próximas rodadas.

Agora o Botafogo vai até o Rio Grande do Sul enfrentar o Brasil de Pelotas pela 29ª rodada do Brasileirão da Série B, na quarta-feira. Já o Náutico vai jogar novamente fora de casa, mas em um confronto difícil contra a líder Chapecoense.

PRIMEIRO TEMPO FRACO, MAS COM GOL

Em situações delicadas na tabela, Botafogo e Náutico praticaram um futebol fraco nos primeiros 15 minutos de jogo. As trocas de passes foram as armas dos times, mas sem nenhum perigo ou grande criação de jogadas. Os goleiros pouco suaram no primeiro terço da etapa inicial.

Aos 19 minutos a primeira oportunidade de gol e em um momento bizarro. Após cruzamento na área, Robson deixou para o goleiro Darley, que se embaralhou e quase viu a bola sobrar para a equipe do Náutico. A resposta do Botafogo veio aos 24 minutos. Matheus Anjos recebeu na esquerda, entrou na área e chutou colocado. A bola passou ao lado do gol do Timbu.

O jogo continuava fraco até os 36 minutos, quando a partida no estádio Santa Cruz voltou a ter um bom momento. Jean Carlos pegou na esquerda e cruzou rasteiro na entrada da área, Vinícius limpou a marcação e chutou cruzado. O arremate assustou Darley.

No apagar das luzes no primeiro tempo, Matheus Anjos desafogou o placar. Após bom contra-ataque, Ronald recebeu e cruzou para dentro da área. O camisa 10 colocou a cabeça e abriu o marcador que deu números finais na etapa inicial.

SEGUNDO TEMPO MELHOROU E O NÁUTICO BUSCOU O EMPATE

Matheus Anjos tá gostando do jogo e foi do peito dele que quase saiu o segundo do Botafogo. Wesley chegou na linha de fundo em velocidade e cruzou rasteiro, Jeferson chutou e a bola desviou na marcação. A redonda foi no peito do camisa 10, que acertou o travessão.

A partida ficou no lá e cá nos minutos seguintes, mas sem situações perigosas de empate ou para ampliar o marcador. Mas o problema principal era a pontaria dos times. Mas Paiva tratou de quebrar esta má estatística ao empatar o duelo. O Timbu fez boa trama e após cruzamento rasteiro, o camisa 19 manda a bola para o fundo das redes.

Daí em diante poucas oportunidades reais de gol e o jogo que foi até os 49 minutos não teve mais bola no fundo das redes.

Últimas