Atlético-MG x Unión Santa Fé. Onde ver, palpites e prováveis times

O Galo terá uma missão complicada para inverter a vantagem dos argentinos, que fizeram 3 a 0 na partida de ida

Lance

Lance

Lance

O Atlético-MG entra em campo nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, às 21h30, no Independência, contra o Unión Santa Fé-ARG. Em disputa, uma vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana.

A equipe mineira está em grande desvantagem, pois perdeu o jogo de ida por 3 a 0 e terá de fazer pelo menos quatro gols de vantagem para conseguir a vaga direta. Caso vença por 3 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Se o Galo superar o Unión por três gols de diferença, mas sofrer um tento, a vaga será argentina.

O jogo é tratado como crucial para dar tranquilidade ao clube, para o elenco e ao técnico Rafael Dudamel, que já está sendo pressionado no cargo devido aos maus resultados e desempenho ruim da equipe nas competições que jogou: Mineiro, Copa do Brasil e Sul-Americana.

O treinador vai levar a campo o que tem de melhor disponível, mas sem poder contar com o volante Allan, expulso em Santa Fé, além de Cazares, lesionado, Diego Tardelli e Jefferson Savarino, que não estão inscritos nesta fase da competição continental.

Jogo do Galo é no DAZN

O duelo entre Unión e Atlético-MG, em BH, nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, terá transmissão exclusiva da plataforma de streaming DAZN. Quem for novo no DAZN, terá direito a um mês de acesso grátis à plataforma. O cancelamento pode ser feito a qualquer momento. A partir do segundo mês, o custo mensal é de apenas R$ 19,90. Saiba como assinar!

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG x UNIÓN SANTA FE-ARG

Data-hora: 20 de fevereiro de 2020, às 21h30(De Brasília)
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Nicolas Gallo(COL)
Assistentes: Sebastian Vela e Wilmar Navarro(COL)
Onde acompanhar: DAZN (veja como assinar) e Tempo Real LANCE!

ATLÉTICO-MG: Michael; Mailton, Réver, Gabriel e Fábio Santos; Zé Welison, Jair e Nathan; Marquinhos, Hyoran e Franco Di Santo.. Técnico: Rafael Dudamel

UNIÓN SANTA FE-ARG: Sebastián Moyano; Brian Blasi, Franco Calderón, Jonathan Bottinelli e Claudio Corvalán; Cabrera, Javier Méndez, Jalil Elías e Carbajal; Franco Troyansky e Walter Bou. Técnico: Leonardo Madelón


Palpites: Para 70% da redação, o Galo vence os argentinos, mas não se classifica. Apenas 30% creem em uma vaga do time mineiro.