Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Atlético-MG e STJD: Felipão tem recurso recusado e Rodrigo Caetano é liberado após pena cumprida

Técnico recebeu advertência quando ainda era coordenador do Athletico-PR

Lance

Lance|Do R7


Lance
Diretor de futebol do Galo ficou 60 dias afastado por conta de reclamações (Foto: Divulgação/Atlético-MG)

O nome do treinador do Atlético-MG Felipão voltou a aparecer em julgamento do Pleno do STJD nesta quinta-feira (5). O caso em questão é de quando Scolari ainda era coordenador do Athletico-PR e reclamou da arbitragem em uma partida contra o Botafogo pela Copa do Brasil.

No julgamento, o técnico havia recebia um jogo de suspensão, que foi convertida em advertência. A Procuradoria chegou a entrar com recurso no Pleno para mudar a pena, mas sem sucesso.

+ Atlético-MG anuncia vencedor do concurso Manto da Massa

Além de Felipão, Rodrigo Caetano, diretor de futebol do Galo, se encontra livre pelo STJD para exercer as funções do cargo, já tendo cumprido a pena de 60 dias. Caetano recebeu tal punição por conta de reclamações a arbitragem no duelo contra o América-MG. O executivo atuou sob efeito suspensivo, já tendo cumprido pena antes do julgamento definitivo.

Publicidade

+ Próximos jogos do Atlético-MG: onde assistir e calendário com datas e horários das partidas

Rodrigo Caetano ficou impedido de representar a equipe alvinegra em qualquer evento desportivo. Portanto, com pena cumprida, o diretor de futebol está presente junto a delegação na próxima partida do Galo, contra o Coritiba na Arena MRV.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.