Lance Abel prefere não tratar o Palmeiras como favorito ao título da Libertadores: 'A exigência é maior'

Abel prefere não tratar o Palmeiras como favorito ao título da Libertadores: 'A exigência é maior'

Treinador diz que elenco e comissão técnica seguem iguais, portanto, a única obsessão é o trabalho

Lance
Lance

Lance

Lance

Em entrevista coletiva após a goleada do Palmeiras por 5 a 0 sobre o Independiente Petrolero, em Sucre, na Bolívia, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores, Abel Ferreira falou sobre o possível rótulo de ‘favorito’ dado à equipe.

GALERIA

> ATUAÇÕES: Veiga faz três em massacre do Palmeiras na Liberta

TABELA

> Clique aqui para conferir e simular todos os resultados da Liberta!

- Vocês entendem que essa é uma equipe muito focada, séria e competente. Já disse que não vamos ganhar sempre e devemos estar preparados para perder. Sei que nem vocês estão preparados para que o Palmeiras perca e a exigência é cada vez maior. Ano passado, ninguém nos dava como favorito, já neste ano somos o maior favorito segundo vocês. Nós somos os mesmos jogadores, treinador e nada mudou. Vamos continuar nos preparando para os próximos jogos e saber quais jogadores podem nos ajudar em cada um deles - disse o técnico.

Rechaçando o apelido de retranqueiro, o comandante português analisou a partida com algumas ressalvas aos jogadores. Para Abel, o foco deveria ser em fazer o maior número de gols e jogar com força máxima, já que o ‘futebol é isso’.

- Foi o Palmeiras que tornou o jogo fácil. Jogamos para fazer gols e para não deixar que os adversários façam na gente. Se tivermos a bola, é para atacar. Se não tivermos, é para defender. Falei que nosso objetivo era jogar na máxima força e fazer o maior número de gols. O que passo a eles é o que cobro de mim mesmo. É ser melhor a cada treino, a cada jogo, em tudo. Quero que eles tenham isso dentro deles também. Se cobrem de forma positiva e vejam os resultados aparecendo de forma natural. Nossa obsessão segue sendo pelo trabalho. O segredo do sucesso é esse - concluiu.

Treinador e elenco palmeirense retornam ao Brasil já nesta quarta-feira (4) e, em seguida, iniciam a preparação para o confronto contra o Fluminense, em casa, no próximo domingo (8), às 16h, pelo Brasileirão.

Últimas