Esportes Keno gosta da vitória do Atlético-MG, mas Hulk acha que poderia ser por mais gols

Keno gosta da vitória do Atlético-MG, mas Hulk acha que poderia ser por mais gols

A vitória inicial nas quartas de final da Copa do Brasil estava no roteiro do Atlético Mineiro, nesta noite, diante do Fluminense. O triunfo por 2 a 1, no Engenhão, no Rio, deixou o time mineiro com a vantagem do empate no jogo da volta, dia 16 de setembro em Belo Horizonte (MG). Para o atacante Keno, a vantagem é importante.

"Acho que nosso time soube se impor. A gente sabia que seria um jogo difícil, porque o Fluminense é um time qualificado. Esta vitória nos deixa em boas condições para decidir a vaga em casa", disse o atacante.

Mas nem todos ficaram satisfeitos com a vitória por apenas um gol de diferença. Para o atacante Hulk, que marcou um dos gols, o time mineiro poderia ter conquistado um placar mais dilatado, que o deixaria mais tranquilo no jogo de volta.

"Não tem nada definido ainda, porque vamos ter outro jogo lá e vai ser difícil", projetou o atacante, que reclamou muito do pouco tempo de acréscimos no final do jogo: cinco minutos.

No entender dele, o jogo foi muitas vezes paralisado, não só por trocas de jogadores, como também para atendimento em campo. "Nosso time sempre se ferra com este negócio de acréscimos", murmurou ao deixar o campo, depois de reclamar pessoalmente no gramado com o árbitro gaúcho Anderson Daronco.

A partir desta sexta-feira a ordem da comissão técnica para os jogadores é virar a chave, porque no fim de semana o objetivo é ampliar a liderança no Campeonato Brasileiro. Com 38 pontos, o Atlético tem seis pontos de vantagem para Palmeiras e Fortaleza, ambos com 32. Domingo à noite, a partir das 20h30, o time mineiro vai enfrentar o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista (SP) pela 18ª rodada.

Últimas