Esportes GP de F-1 tem ingressos VIP disponíveis; entradas para arquibancada esgotaram

GP de F-1 tem ingressos VIP disponíveis; entradas para arquibancada esgotaram

O GP de São Paulo promete ter casa cheia no próximo final de semana. Os ingressos para a arquibancada estão esgotados desde a última sexta-feira, 5, quando um novo lote foi disponibilizado para compra. Só restam entradas VIP a partir de R$ 5,3 mil.

A expectativa é de que 170 mil pessoas lotem o autódromo ao longo dos três dias do evento. Nos três dias em 2019, ano da última etapa no Brasil, Interlagos recebeu 158.213 torcedores, maior público desde 2001, quando o local era maior e contou com a presença de 174 mil fãs.

A Prefeitura de São Paulo repassou R$ 20 milhões para a promotora realizar o evento nesta temporada. Também gastou outros R$ 10 milhões com reparos e ajustes no circuito. Houve uma degradação natural do autódromo, pois ele ficou fechado em 2020, ano em que a prova não ocorreu devido à pandemia de covid-19.

O secretário municipal de Habitação de São Paulo, Orlando Faria, disse que a Fórmula 1 vai gerar na cidade cerca de R$ 700 milhões entre serviços e comércio, além de R$ 1,6 bilhão em imagem ao ano. Cada R$ 1 investido pelo governo renderá R$ 5,2, segundo a gestão municipal.

COMPROVANTE VACINAL - O protocolo sanitário para quem for assistir à prova inclui a apresentação do comprovante vacinal com ao menos uma dose para os maiores de 12 anos. Menores de 12 anos poderão ver a corrida, mas terão que apresentar teste negativo, seja PCR (realizado até 48 horas antes) ou antígeno (24 horas antes). O uso de máscara será obrigatório.

O público que comparecer à corrida terá que apresentar um passaporte virtual com o certificado de vacina contra a covid-19. O cadastro obrigatório terá de ser feito até o dia 10 de novembro, por meio da plataforma Chronus i-Passport. A tecnologia foi desenvolvida pela startup franco-brasileira Mooh!Tech, como o passaporte oficial do evento.

REBECA NA BANDEIRADA - A ginasta Rebeca Andrade, primeira brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição de Olimpíada, será a responsável por dar a bandeirada final no GP de São Paulo, no dia 14, no Autódromo de Interlagos.

"Eu saí do meu corpo e voltei quando recebi o convite. Um sinal de respeito, uma homenagem às minhas vitórias. Eu nem consigo achar palavras para descrever o que estou sentindo. Nunca pensei que tivesse tantas oportunidades. Eu sempre lutei muito para me colocar como mulher e pela comunidade preta e usar bem esse 'poder' que o esporte me deu. Estou muito feliz", comentou a atleta de 22 anos.

Depois do Brasil, restam três Grandes Prêmios para o encerramento da temporada 2021: Catar, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. Max Verstappen venceu o GP do México e agora lidera o campeonato mundial com 312,5 pontos, apenas 19 à frente do atual campeão Lewis Hamilton.

Últimas