Seleção brasileira

Futebol ‘Vestir a camisa do Brasil é um sonho de criança’, diz Marquinhos

‘Vestir a camisa do Brasil é um sonho de criança’, diz Marquinhos

Capitão na vitória contra Paraguai negou que jogadores da seleção se recusaram a disputar Copa América, transferida para o país

  • Futebol | Do R7

Marquinhos disse que jogadores precisam seguir hierarquia na seleção brasileira

Marquinhos disse que jogadores precisam seguir hierarquia na seleção brasileira

Cesar Olmedo/EFE 08.06.21

Depois da vitória do Brasil sobre o Paraguai, na noite desta terça-feira (8), em Assunção, o capitão Marquinhos foi o primeiro jogador a se manifestar sobre a Copa América. O zagueiro negou que os atletas não quiseram disputar o torneio que foi transferido de última hora para o país.

Marquinhos lembrou o sonho de criança de vestir a camisa da seleção brasileira para confirmar que os atletas querem jogar a competição.

“Em momento algum os jogadores se negaram a vestir essa camisa porque esse é um sonho de criança. A gente fez o que tinha que fazer, nesses dois jogos de Eliminatórias e, a partir de agora, a gente vai ver o que fazer”, disse Marquinhos, na entrevista oficial após a partida.

“Existe uma hierarquia, nós somos os jogadores, somos uma parte importante, somos cientes do nosso papel”, completou.

Antes de Marquinhos, Casemiro, capitão no jogo anterior, havia prometido um manifesto dos atletas para justamente depois da partida do Paraguai. O volante deu a entender que a equipe iria jogar a competição.

A Copa América começa já neste domingo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, com Brasil x Venezuela. A seleção está no Grupo B, ao lado de Colômbia, Equador e Peru, além de Venezuela.

AFP

De Havelange a Caboclo, veja as grandes crises na trajetória da CBF

Últimas