Futebol Vasco vence São Paulo, se afasta do Z-4 e respira no Brasileiro

Vasco vence São Paulo, se afasta do Z-4 e respira no Brasileiro

Com gols de Andrey e Yago Pikachu, time carioca venceu por 2 a 0, em São Januário, nesta quinta-feira (22). Paulistas perdem chance de ir ao G-4

Vasco x São Paulo

Vitória sobre o São Paulo livrou o Vasco de entrar no Z-4 nesta rodada

Vitória sobre o São Paulo livrou o Vasco de entrar no Z-4 nesta rodada

CELSO PUPO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - 22.11.2018

Em uma noite de muita disputa, nesta quinta-feira (22), o Vasco venceu o São Paulo por 2 a 0 no Complexo Esportivo de São Januário, no Rio de Janeiro, e se afastou da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Faltando dois jogos para o fim de 2018, o time vascaíno pode garantir a permanência de forma antecipada na próxima rodada, para festa e alívio dos milhões de vascaínos pelo mundo. Já o Tricolor, por sua vez, perdeu nova chance de entrar no G-4 da competição.

PRESSÃO E VAIAS

O jogo foi encarado como decisão pelo Vasco. Pressionado na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, a pressão por uma vitória era grande das arquibancadas, ao mesmo tempo que não faltaram vaias dos vascaínos a Nenê, hoje no São Paulo e que deixou São Januário de forma conturbada.

SURTIU EFEITO

Todo o clima nos minutos iniciais, com a pressão vinda das arquibancadas, mas também sem muito apoio, surtiu o efeito esperado. Logo aos 17 minutos do primeiro tempo, São Paulo saiu errado e Andrey, atento, aproveitou. A cria da base do Vasco mandou com classe para o gol, sem chance para o goleiro Jean. Festa vascaína na Colina, 1 a 0.

SÃO PAULO TENTA

Atrás do marcador, o São Paulo passou a tentar mais avanços ofensivos na busca do empate. Reinaldo tentou, Nenê também, mas os defensores do Vasco evitaram um perigo maior. Ainda no primeiro tempo, Jucilei fez um corte preciso na bola que chegaria a Maxi López, confirmando o 1 a 0 como placar do intervalo.

LÁ E CÁ

Depois de um primeiro tempo com o Vasco melhor, a etapa final começou bastante equilibrada. Os donos da casa e o São Paulo, de início, criaram oportunidades - primeiro o Tricolor com Reinaldo aproveitando rebote, depois o Cruz-Maltino com Andrey. Os paulistas tiveram a melhor chance aos 23, com Nenê.

EMOÇÃO ATÉ O FIM!

Os minutos finais da partida foram repletos de emoção. Aos 40 minutos do segundo tempo, Willian Maranhão ampliou para o Vasco, mas o árbitro Anderson Daronco anulou marcando falta do volante em Bruno Peres. Dois minutos mais tarde, Fernando Miguel fez um milagre e evitou o gol de empate do São Paulo em finalização de Rodrigo Caio. Aos 49, Yago Pikachu ampliou e garantiu o 2 a 0 na festa vascaína!

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 x 0 SÃO PAULO

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 22/11/2018, às 20h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Público/renda: 14.426 pagantes/R$ 354.345,00
Cartões amarelos: Desábato, Luiz Gustavo (VAS); Hudson, Rodrigo Caio, Bruno Peres, Antony (SAO)

GOLS: Andrey 17'/1ºT (1-0); Yago Pikachu 49'/2ºT (2-0)

VASCO: Fernando Miguel, Luiz Gustavo, Werley (Henríquez - 30'/2ºT), Leandro Castán e Henrique; Desábato (Willian Maranhão - 36'/2ºT), Andrey e Yago Pikachu; Kelvin (Caio Monteiro - 29'/2ºT), Thiago Galhardo e Maxi López. Técnico: Fernando Miranda.

SÃO PAULO: Jean, Bruno Peres, Arboleda, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei, Reinaldo e Hudson (Shaylon - 17'/2ºT); Helinho (Antony - 37'/2ºT), Everton e Tréllez (Pedro Bortoluzo - 26'/2ºT). Técnico: André Jardine.

Leandro Damião perde gols inacreditáveis e vira piada na web:

    Access log