Campeonato Brasileiro

Futebol Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro

Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro

Treinador chega para sua terceira passagem no clube e terá um dos maiores desafios da carreira: salvar o Cruzeiro de nova queda

  • Futebol | Enrico Malizia, Do R7*

Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro

Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro

Divulgação/Twitter/@cruzeiro

A diretoria do Cruzeiro confirmou a contratação de Vanderlei Luxemburgo, para ser o novo treinador do clube, no início da tarde desta terça-feira (3). Luxemburgo assume a vaga de Mozart, que pediu demissão após o empate com o Londrina na última sexta (30), no Mineirão, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Esta é a terceira passagem do treinador pelo clube mineiro, conhecido como Cabuloso. Desta vez o desafio é muito maior, já que o Cruzeiro vive o momento mais difícil de sua história, disputando a Série B pela segunda vez consecutiva, com riscos de rebaixamento para a terceira divisão do Campeonato Brasileiro.

Sob comando de Mozart, o Cruzeiro somou apenas 13 pontos nas primeiras 15 rodadas da Série B, ocupando a 18º colocação. Após o empate na última sexta-feira (30) contra o Londrina, a Raposa completou nove jogos sem vencer, sendo seis empates e três derrotas.

Diferente do que foi com Mozart, agora a expectativa é de que Luxemburgo faça a equipe evoluir, para que o Cruzeiro suba, pelo menos, algumas posições na tabela e não sofra outro inédito rebaixamento, dessa vez para a Série C do Brasileirão.

Vanderlei Luxemburgo, em sua primeira passagem pelo clube, conquistou a famosa Tríplice Coroa cruzeirense em 2003, quando a equipe foi campeã estadual, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, um dos maiores feitos da história do Cruzeiro.

Em sua segunda passagem, Luxemburgo não durou muito tempo. O ano era 2015 e o Cruzeiro acabava de ser bicampeão do Campeonato Brasileiro sob o comando de Marcelo Oliveira, mas sofreu um desmanche, perdendo suas principais estrelas: Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart.

Vanderlei Luxemburgo, naquela oportunidade, assumiu um clube com grandes expectativas, que vinha de uma sequência muito vitoriosa com Marcelo Oliveira, mas com muitas deficiências no elenco e acabou permanecendo no cargo por apenas 19 partidas.

Dessa vez as condições são mais precárias, mas as expectativas também estão lá embaixo. O torcedor deverá se contentar com uma campanha razoável, de meio de tabela, para que, no próximo ano, Luxemburgo consiga levar o Cruzeiro de volta à Série A do Campeonato Brasileiro.

Ouro na vela e bronzes no atletismo e boxe marcam 11º dia em Tóquio

Últimas