Tragédia na Colômbia interrompe ascensão da Chapecoense no futebol; conheça a história do time

Clube de Santa Catarina vivia grande fase, até o acidente da madrugada desta terça (29)

Tragédia na Colômbia interrompe ascensão da Chapecoense no futebol brasileiro

Chapecoense estava classificada para a final da Sul-Americana

Chapecoense estava classificada para a final da Sul-Americana

Márcio Cunha / Estadão Conteúdo

O mundo todo está de luto com a notícia da queda do avião da Chapecoense, na madrugada desta terça-feira (29), em Medellin, na Colômbia, que deixou 76 mortos. A tragédia interrompeu a promissora história do clube do município de Chapecó, da região Oeste de Santa Catarina, que sonhava com o inédito título da Copa Sul-Americana.

Saiba mais: Queda de avião da Chapecoense mata 76 e deixa cinco sobreviventes na Colômbia, diz agência

Associação Chapecoense de Futebol foi fundada em 10 de maio de 1973 por desportistas que desejavam criar um time profissional para a cidade. Desde o início, o clube contou, além da simpatia dos habitantes, com o apoio de empresários da região.

Foi mais de 30 anos depois, no entanto, que começou a trilhar um caminho interessante no futebol. Em 2005, o time se encontrava com dívidas que somavam R$ 1,5 milhão e eram consideradas impagáveis pela diretoria, que chegou a cogitar a possibilidade de fechar as portas. Foi então que m grupo de empresários da cidade se uniu para quitar as dívidas e salvar o clube.

Em 2009, a Chapecoense disputou a Copa do Brasil e teve acesso à Série D do Campeonato Brasileiro. No mesmo ano, conseguiu a classificação e subiu para a Série C, divisão que passou a diputar a partir de 2010. De lá para cá, o time evoluiu, ano após ano, até chegar à Série A, em 2014, de onde nunca mais saiu. Ao lado de São Paulo, Internacional, Santos, Cruzeiro e Flamengo, está no seleto grupo de equipes que nunca foram rebaixadas. Além disso, a Chape conquistou cinco Campeonatos Catarinenses.

O avião em que embarcaram a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados caiu na região de Antioquia, na Colômbia, nesta madrugada. A aeronave estava a caminho do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín, onde a equipe catarinense enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana deste ano.

.