Tiago Volpi se diz feliz no São Paulo, mas não sabe se ficará no clube para 2020

Peça fundamental no elenco do São Paulo atualmente, Tiago Volpi ainda não sabe se poderá continuar na equipe para a próxima temporada. O goleiro, que está emprestado pelo mexicano Querétaro ao time tricolor, afirmou que a situação entre os dois clubes segue indefinida após a vitória sobre o Atlético-MG, por 2 a 0, na tarde do último domingo, no Morumbi.

"A situação segue no mesmo panorama. Existe uma opção de compra em dezembro, ainda é muito cedo. O que eu posso falar é que estou feliz, acredito que a diretoria, torcida, está todo mundo contente também", contou Volpi na zona mista para entrevistas no Morumbi.

Para o arqueiro, conquistar uma vaga na Libertadores pode ser fundamental para a sua permanência. "A gente tem que seguir trabalhando, não adianta a gente falar em compra agora porque ainda faltam muitos jogos. Lógico que eu estou feliz, mas quero ter essa felicidade por completo em dezembro, quando o time estiver em posto de Libertadores e aí sim a gente fala em compra", comentou.

Além da situação contratual, Volpi também opinou sobre a fase atual do São Paulo no Brasileirão. "É notório o que a equipe vem apresentando. A gente tem que trabalhar com isso na nossa cabeça: está bom, mas que pode melhorar. A gente não pode ser conformar ou se convencer com pouca coisa. A gente sabe que tem uma boa parte do campeonato pela frente e temos que evoluir a cada dia", disse.

A compra de Volpi deve ser uma das prioridades do São Paulo na próxima janela de transferências. Ainda assim, tanto o clube quanto o jogador mantêm a cautela na hora de falar sobre o assunto.

O São Paulo está na quarta colocação do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos, cinco a mais do que o Grêmio, primeiro time fora do G6, em sétimo lugar. Na próxima quarta-feira, o time tricolor vai ao Allianz Parque enfrentar o Palmeiras, às 19h30, pela 29ª rodada da competição nacional.