Futebol Thiago Silva elogia Messi antes de semifinal: 'Melhor jogador que eu vi'

Thiago Silva elogia Messi antes de semifinal: 'Melhor jogador que eu vi'

O zagueiro Thiago Silva, da seleção brasileira, revelou neste sábado ter uma preocupação especial para a semifinal da Copa América contra a Argentina, nesta terça-feira, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O defensor disse em entrevista coletiva que é ao mesmo tempo um privilégio e um temor enfrentar Lionel Messi, pois considera o craque argentino do Barcelona o melhor jogador que já viu jogar.

Após já ter encontrado Messi em diversos encontros entre Brasil e Argentina e também em partidas da Liga dos Campeões da Europa, o defensor do Paris Saint-Germain disse estar convencido da qualidade e do talento de Messi serem acima do normal. "Sempre é muito difícil enfrentá-lo. Por mais que você estude, nunca vai entender a qualidade que ele tem e a diferença que pode fazer. Você acha que ele vai fazer uma coisa, mas ele tira outra da cartola", comentou.

Thiago Silva afirmou ser muito difícil se preparar para enfrentar Messi, pois um defensor como ele precisa estudar as diversas possibilidades de dribles e jogadas possíveis dentro do repertório do argentino. "Para mim é o maior jogador que vi jogar. É um privilégio poder jogar contra ele. Eu não vi Pelé, Zico ou Maradona, mas Messi é diferente de todos os outros que vi", analisou.

Para o zagueiro brasileiro, a equipe deve estar bastante concentrada para enfrentar a Argentina, principalmente para evitar a chegada da bola até Messi. O defensor contou que apesar de não ter sofrido gols nesta Copa América, o Brasil precisa aumentar a solidez defensiva e marcar a saída de bola com o auxílio dos atacantes, para não permitir o time adversário trocar passes com tranquilidade.

O experiente zagueiro garantiu não ter trauma de voltar ao Mineirão para uma semifinal. Em 2014, pela Copa do Mundo, o Brasil perdeu para a Alemanha por 7 a 1 e perdeu vaga na decisão. Thiago Silva não atuou naquela partida por estar suspenso, mas descartou considerar a derrota como um fator para atrair medo ou azar para o jogo desta terça-feira.

"Ninguém aqui tem amnésia e esqueceu o que aconteceu. Mas na vida é assim, não pode ficar pensando só nas coisas ruins", disse Thiago Silva. O defensor citou, por exemplo, que na última vinda da seleção brasileira para Belo Horizonte, a equipe derrotou a Argentina por 3 a 0 no Mineirão, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. "Foi um jogo muito positivo da nossa parte. Não podemos só ficar pensando no que é negativo", afirmou.