Sem vencer em outubro, Bahia visita o Grêmio e busca pontuar no Brasileirão

Sem vencer há três jogos, o Bahia tem um confronto complicado na briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, às 19h15, visita o Grêmio, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo fora de casa, o objetivo é pontuar.

Por isso, o técnico Roger Machado não quer ninguém mais falando da derrota para o Fluminense, por 2 a 0, embora acredite que o time jogou bem e não merecia perder no Maracanã.

"Temos que manter a pegada, apesar do cansaço gerado não só pelo jogo como pela logística da viagem. O impacto é nos sincronismos, não no desgaste. Agora, a gente vai medindo isso. A escalação vai sair no vestiário. É descansar, lamber as feridas e partir para outra", pediu o treinador.

O comandante revelou que só divulgará a escalação momentos antes da partida. "Quem retorna é só o Artur. Hoje estava ainda naquele ciclo da virose. Moisés e Nino Paraíba também. Deve retornar só o Artur", confirmou.

O time segue com alguns problemas e Roger Machado adotou tom de mistério. Nino Paraíba e Moisés, com lesões na panturrilha e coxa, respectivamente, estão fora. João Pedro deve continuar sendo o titular na lateral direita, enquanto Giovanni permanece na lateral esquerda.

Por outro lado, o atacante Artur Victor retorna após cumprir suspensão, no lugar de Élber. Embora se recupere de uma virose, ele foi confirmado no ataque ao lado de Gilberto.

A última vitória do Bahia foi em 30 de setembro, quando fez 2 a 0 no Avaí. De lá para cá, perdeu para o Athletico-PR por 2 a 1 e empatou sem gols com o São Paulo, ambos em casa, além de ter sido derrotado por 2 a 0 pelo Fluminense, no Rio.

Com a recente campanha, o clube baiano está na oitava colocação com 38 pontos, três a menos do que o próprio Grêmio, sexto colocado e que usará força total mesmo com a aproximação do segundo jogo da semifinal da Copa Libertadores, contra o Flamengo.