Futebol Sem Gabriel Jesus, City estreia em mata-mata na Liga dos Campeões

Sem Gabriel Jesus, City estreia em mata-mata na Liga dos Campeões

Time de Pep Guardiola enfrenta Basel na Suíça e tenta repetir na Champions temporada perfeita que desfruta no Campeonato Inglês, em que lidera

Sem Gabriel Jesus, Manchester City tem mata-mata na Champions

Guardiola espera jogo difícil contra Basel

Guardiola espera jogo difícil contra Basel

Reuters/Andrew Boyers - 12.2.2018

O Manchestser City, ainda sem Gabriel Jesus, terá a missão de estender na Liga dos Campeões a boa fase desfrutada no Campeonato Inglês. O jogo, contra o Basel, na casa do rival, abre as oitavas de final do torneio nesta terça-feira (13).

"Na Liga dos Campeões, o Basel jogou com cinco defensores e fez alguns grandes jogos na fase de grupos", analisou o técnico Pep Guardiola, do Manchester City, líder da Premier League com 72 pontos.

"É um time forte e bem organizado, que realiza bons contra-ataques. Disse aos meus jogadores que será muito, mas muito difícil, em especial aqui [na Basileia]. Mas estamos confiantes. Nossos objetivos são fazer melhor do que na temporada passada. Queremos pelo menos chegar às quartos-de-final", acrescentou o treinador.

Gabriel Jesus fora

Para esta partida, o time ainda não poderá contar com o brasileiro Gabriel Jesus, que se recupera de lesão no joelho esquerdo e deve voltar a treinar em duas semanas. Por isso, o ataque será novamente formado por Agûero e Sterling.

Basel busca surpresa

Já o Basel quer usasr o fato de jogar no St. Jakob-Park para conseguir um bom resultado. Em casa, na Liga dos Campeões, o Basel já surpreendeu o Manchester United. Quer repetir a dose com o rival da cidade. Ningúem no clube, porém, nega o favoritismo do clube inglês.

"O Manchester City não tem basicamente pontos fracos. Eles podem mudar o seu modo de jogar, são flexíveis e podem reagir em função do adversário. São uma equipe incrivelmente forte", analisou Raphaël Wicky, técnico do time suíço.

Para surpreender, o treinador espera atitude nas poucas chances que seu time deve criar.

"Quando tivermos a bola, temos que ter a coragem de usá-la. Tudo tem de acontecer de maneira perfeita, em todos os aspectos, se quisermos surpreender", afirmou Wicky.

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se

Confira os artilheiros brasileiros da Liga dos Campeões da Europa:

    Access log