Futebol São Paulo vence Jorge Wilstermann e se isola na liderança do Grupo D

São Paulo vence Jorge Wilstermann e se isola na liderança do Grupo D

Tricolor bateu bolivianos por 3 a 1 em jogo tranquilo na Bolívia e abriu cinco pontos de vantagem para o segundo colocado 

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Igor Vinícius, Igor Gomes e Alisson comemoram gol do São Paulo em Cochabamba

Igor Vinícius, Igor Gomes e Alisson comemoram gol do São Paulo em Cochabamba

Fernando Cartagena/AFP - 28.04.2022

Em seu terceiro compromisso pela Copa Sul-Americana, o São Paulo venceu o boliviano Jorge Wilstermann, em Cochabamba, por 3 a 1 na noite desta quinta-feira (28). Os gols no Estádio Félix Capriles foram marcados por Igor Gomes e Osorio, no primeiro tempo, e Reinaldo e Marquinhos, no segundo.

Com o resultado, o Tricolor Paulista, que já havia vencido o Ayacucho (Peru) e o Everton (Chile), chega aos 9 pontos e assume a liderança isolada do Grupo D. Os chilenos estão na segunda posição, com 4 pontos, enquanto o Ayacucho é o terceiro, com 3, e o Jorge Wilstermann é o lanterna, com apenas 1.

Agora, o time volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro e se prepara para o duelo contra o Santos, na próxima segunda-feira (2), no Estádio do Morumbi. Pela Sul-Americana, o time comandado por Rogério Ceni só volta a jogar no dia 5, uma quinta-feira, quando recebe o Everton, em São Paulo.

O jogo

Os primeiros minutos foram de estudo, mas logo o São Paulo mostrou sua superioridade. Aos 7, Igor Vinicius recebeu lançamento de Reinaldo, driblou e bateu com força de canhota, para defesa de Poveda, que acertou os pés de Igor Gomes. A bola foi para fora.

Oito minutos depois, os bolivianos chegaram com Serginho, que recebeu bola longa nas costas da defesa, mas finalizou mal, por cima do gol de Volpi. 

Não demorou e o Tricolor abriu o placar, aos 22 minutos. Igor Vinicius recebeu na direita, cruzou e Igor Gomes apenas empurrou para o gol. 

No entanto, o gol acordou os bolivianos, que chegaram com perigo com Chávez, que bateu para defesa de Volpi. Aos 30, porém, o arqueiro nada pôde fazer na cobrança de pênalti de Osorio, pênalti esse que ele mesmo havia sofrido, ao ser empurrado por Arboleda dentro da área.

O São Paulo respondeu rápido, com Luciano, que marcou o segundo gol, mas viu seu tento ser anulado por impedimento.

Já no segundo tempo, o Tricolor voltou pressionando e assustou logo aos 10 minutos, em cobrança de falta de Rigoni, que acertou o travessão. Dois minutos depois, o São Paulo chegou de novo, em cabeçada de Alisson, que passou por cima. 

Com tamanha pressão, o São Paulo chegou ao segundo. Aos 17, Eder foi derrubado na área pelo goleiro Poveda. Reinaldo apenas deslocou o goleiro para fazer 2 a 1.

Os aviadores chegaram com perigo e quase empataram com Villarroel, que bateu de primeira e viu a bola raspar a trave. Depois, o mesmo Villarroel recebeu na área, girou e bateu fraco. Volpi só observou. 

O São Paulo matou o jogo aos 39, em golaço de Marquinhos, que recebeu no lado direito, ajeitou para a perna esquerda e bateu colocado, sem chances para Poveda. Final, 3 a 1 São Paulo.

FICHA TÉCNICA
Jorge Wilstermann 1 x 3 São Paulo
Local: Estádio Félix Capriles, em Cochabamba (BOL)
Data e hora: quinta-feira (28), às 19h15
Árbitro: Carlos Ortega (COL)
Assistente 1: Jhon Leon (COL)
Assistente 2: Dionisio Ruiz (COL)

Gols: Igor Gomes, aos 22'/1T, Reinaldo, aos 18'/2T, e Marquinhos, aos 39'/2T (São Paulo); Osorio, aos 30'/1T (Jorge Wilstermann)

JORGE WILSTERMANN: Poveda; Ortiz, Echeverría, Montero e Robson (Rodriguez); Luis Vargas (Áñez), Machado, e Villarroel; Osorio, Serginho e Chávez (Ballivián). Técnico: Miguel Ponce.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinicius (Rafinha), Arboleda, Léo e Reinaldo; Luan (Andrés), Igor Gomes, Gabriel Sara (Marquinhos) e Alisson; Éder (Rodrigo Nestor) e Luciano (Rigoni). Técnico: Rogério Ceni.

Brasileiros estão na frente de City, Real e Liverpool em lista de melhores times do mundo

Últimas