Futebol São Paulo deixa Libertadores com goleada e vaga na Sul-Americana

São Paulo deixa Libertadores com goleada e vaga na Sul-Americana

Jogando contra o frágil Binacional, time contou com golaços de Vitor Bueno e Pablo para vencer por 5 a 1 e confirmar classificação para o torneio

  • Futebol | Do R7

Pablo marcou um belíssimo gol de voleio na vitória do São Paulo

Pablo marcou um belíssimo gol de voleio na vitória do São Paulo

Fernando Bizerra/EFE 20.10.20

Se encerrou nesta terça-feira (20) a vexatória campanha do São Paulo na Libertadores 2020. E com ao menos um prêmio de consolação. Com uma goleada por 5 a 1 para cima do Binacional, no Morumbi, a equipe confirmou o 3º lugar do Grupo D, garantindo uma vaga na Copa Sul-Americana.

Jogando contra um adversário bastante frágil, que, para se ter uma ideia, perdeu por 14 a 0 para o River Plate no somatório dos resultados, o Tricolor não precisou de muito esforço para vencer.

Mas ao menos ganhou com estilo, com direito a três golaços, de Vitor Bueno e Pablo, duas vezes. Brenner e Arboleda também marcaram pelo time brasileiro, enquanto Deza, também em um belo gol, descontou para os peruanos, que marcaram três vezes na Libertadores, todos eles sobre o São Paulo.

Fora da principal competição da América do Sul, o Tricolor espera agora o sorteio para conhecer o seu adversário na Copa Sul-Americana. Antes disso, no domingo (25), decide a sua vida em outra competição de mata-mata, a Copa do Brasil, onde encara o Fortaleza. No jogo de ida, no Ceará, os dois times empataram em 3 a 3.

SÃO PAULO 5 x 1 BINACIONAL

Motivo: 6ª rodada do Grupo D da Libertadores 2020
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20 de outubro de 2020 (terça-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistentes: Juan Belatti (ARG) e Pablo González (ARG)
Gols: Vitor Bueno, aos seis minutos do 1º tempo (1-0); Brenner, aos 34 minutos do 1º tempo (2-0); Jean Deza, aos 40 minutos do 1º tempo (2-1); Pablo, aos 5 minutos do 2º tempo (3-1); Arboleda, aos 9 minutos do 2º tempo (4-1); Pablo, aos 39 minutos do 2º tempo (5-1)
São Paulo: Tiago Volpi; Tchê Tchê, Bruno Alves, Arboleda e Léo; Luan (Toró), Daniel Alves (Rodrigo Nestor), Vitor Bueno (Helinho) e Igor Gomes (Paulinho); Pablo e Brenner (Trellez). Técnico: Fernando Diniz.
Binacional: Fernández, Pérez, Mancilla, Fajardo e Reyes; Labrín, Angles e Ojeda; Arango (Gularte), Guachire e Zeta (Jean Deza). Técnico: Javier Arce

PSG se dá mal, e Barça goleia! O melhor da abertura da Champions

Últimas