Futebol São Paulo cede empate ao Fortaleza e se complica na Copa do Brasil

São Paulo cede empate ao Fortaleza e se complica na Copa do Brasil

Tricolor abriu 2 a 0, com dois gols de Rigoni. O Leão contou com falha de Volpi para diminuir e empatou nos acréscimos

  • Futebol | Pietro Otsuka, do R7

O São Paulo empatou com o Fortaleza por 2 a 2 nesta quarta-feira (25) e se complicou nas quartas de final da Copa do Brasil. O Tricolor chegou aos gols com o artilheiro Rigoni, em noite iluminada, e Yago Pikachu descontou para o Leão. Nos acréscimos, Romarinho deixou tudo igual. O jogo de volta acontece só no dia 15 de setembro.

Em um primeiro muito movimentado, o gol não ter saído foi uma infelicidade do futebol. O São Paulo, principalmente, criou um volume de oportunidades claras de gol muito grande. Nos 15 minutos iniciais, foram pelo menos três chances cara a cara com o goleiro que o Tricolor desperdiçou. 

São Paulo abre 2 a 0, cede empate ao Fortaleza e se complica na Copa do Brasil

São Paulo abre 2 a 0, cede empate ao Fortaleza e se complica na Copa do Brasil

MIGUEL SCHINCARIOL/ESTADÃO CONTEÚDO - 25/08/2021

No entanto, quem assustou o goleiro adversário primeiro foi o Fortaleza. O time de Vovjoda imprimiu uma forte pressão na saída de bola do São Paulo e Léo acabou vacilando no lance. A bola sobrou para Wellington Paulista, que carimbou o travessão de Tiago Volpi, logo aos 4 minutos de jogo.

O Tricolor deu a resposta com Rigoni, após enfiada de bola na medida de Daniel Alves. O atacante saiu de frente para o gol, mas parou na defesa de Marcelo Boeck. No lance seguinte, enquanto a defesa do Fortaleza saia da área, Dani Alves entrou sozinho na ponta direita e recebeu bom lançamento de Benítez. 

O camisa 10 teve tempo de dominar, mas novamente a finalização parou em Boeck. No rebote, o mesmo Daniel Alves ajeitou para quem chegava, mas para azar do Tricolor quem chegou foi o zagueiro Bruno Alves, que acabou isolando de frente para o gol. 

No segundo tempo, o Fortaleza voltou melhor que na primeira etapa, mas só chegou com perigo depois dos 20 minutos, com Robson. O jogador entrou no decorrer da partida e na primeira oportunidade ajeitou para a perna direita e chutou colocado, no canto de Volpi, mas a bola passou raspando a trave direita.

Rigoni brilha

O Leão começava a gostar do jogo e rondava a área do São Paulo, mas foi aí que a estrela do argentino RIgoni brilhou mais uma vez. Reinaldo disparou em contra-ataque e lançou para o atacante, que dominou, fintou dois marcadores e chutou no contrapé de Boeck, sem chance de defesa. 

Com o placar aberto, o Fortaleza se lançou de vez no ataque e, naturalmente, deixou espaços para o contra-golpe. E foi nesse cenário que o São Paulo fez valer da velocidade de seu principal jogador: Rigoni. O atacante saiu em disparada após passe de Liziero e, de frente para Boeck, chutou colocado, rasteiro, no canto direito do goleiro, para ampliar o marcador.

Empate no apagar das luzes

O Fortaleza deu o troco minutos depois, com Yago Pikachu, em lance que contou com falha bizarra de Tiago Volpi. Robson recebeu na entrada da área e, livre de marcação, deu bom passe em diagonal para Pikachu, que entrou nas costas de Reinald Aí não, Volpi o.

O lateral sequer dividiu a bola com Volpi, pois o goleiro furou, e saiu sem goleiro, sozinho para diminuir a vantagem do São Paulo. E o Fortaleza, valente como é, arrancou o empate nos acréscimos, com Romarinho, de cabeça, após cruzamento de Henríquez.

Próximos confrontos

O São Paulo volta a campo no próximo domingo (29), em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor encara o Juventude, no folcório Alfredo Jaconi, às 16h.

Já o Fortaleza recebe o Cuiabá, no Castelão, também pelo Brasileirão. O Leão do Pici encara o adversário na segunda-feira (30), às 21h. 

Time de Gerson e Sampaoli terá de explicar briga no Francês

Últimas