São Paulo bate Fortaleza nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Time paulista abre 2 a 0, sofre empate e conquista a vaga às quartas de final em decisão emocionante nos pênaltis (10 a 9), neste domingo (25)

Brenner comemora gol que abriu o placar para o São Paulo neste domingo (25)

Brenner comemora gol que abriu o placar para o São Paulo neste domingo (25)

MAURO HORITA/ESTADÃO CONTEÚDO - 25.10.2020

O São Paulo avançou na Copa do Brasil após uma emocionante disputa nas cobranças de pênaltis contra o Fortaleza, na noite deste domingo (25), no estádio do Morumbi, na capital paulista, após empate em 2 a 2 no tempo regulamentar em jogo da volta válido pelas oitavas de final da competição. O atacante Brenner marcou os dois gols são-paulinos. David e Roger Carvalho empataram para o Fortaleza. Nas cobranças de pênaltis, o lateral Léo fez a 10ª e decisiva cobrança.

Na primeira partida entre as equipes, realizada na capital cearense, na quarta-feira passada, a igualdade em 3 a 3 havia proporcionado uma boa vantagem ao São Paulo, que poderia definir a vaga em casa. Porém, a torcida tricolor paulista sofreria fortes emoções para comemorar a classificação.

Leia também: Libertadores terá três confrontos entre brasileiros e argentinos

Agora, o clube tricolor paulista vai aguardar o sorteio que será realizado pela CBF para conhecer o seu adversário nas quartas de final do torneio — que o São Paulo ainda busca o primeiro título de sua história.

O jogo

O São Paulo abriu o placar logo aos 10 minutos, quando o atacante Brenner acertou uma bela puxada, após cobrança de escanteio pela ponta-esquerda.

A equipe da casa jogava bem na primeira etapa, pressionou o adversário e poderia ter ampliado o marcador ainda no primeiro tempo. 

No segundo tempo, o Fortaleza procurou se arriscar mais ao ataque, pois apenas uma vitória asseguraria a classificação à equipe nordestina.

O time comandado pelo treinador Rogério Ceni teve duas boas chances de mudar a história da partida.

Uma delas, aos 12 minutos, quando Gabriel Dias invadiu a área e chutou, mas o goleiro Tiago Volpi fiz uma grande defesa e impediu o empate. Logo depois, aos 14 minutos, o goleiro são-paulino espalmou um chute forte do volante Felipe. 

Já aos 20 minutos, Tiago Volpi defendeu um belo chute do atacante David e, após um rebote, pegou uma segunda finalização.

Na sequência, o São Paulo desperdiçou uma oportunidade de ampliar o marcador e praticamente definir com Brenner, mas o atacante foi bloqueado pelo zagueiro Paulão.

Porém, Brenner não perderia nova chance. Aos 26 minutos, o atacante pegou de primeira, dentro da área, para fazer o segundo gol são-paulino.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Os jogadores e a comissão técnica do Fortaleza reclamaram de uma suposta falta de em seu marcador no cruzamento que originou a jogada na área, mas o gol foi confirmado.

Aos 36, o zagueiro são-paulino Diego Costa errou um passe no campo de defesa e proporcionou um contra-ataque mortal ao Fortaleza que resultou no gol do atacante David: 2 a 1.

O gol motivou novamente os atletas do Fortaleza, que precisavam de um empate para provocar uma decisão por pênaltis.

Então, aos 46 minutos, o zagueiro Roger Carvalho aproveitou um belo passe e cabeceou para igualar o macador e causar desespero na torcida são-paulina. A classificação seria definida nas cobranças de penalidades.

Em uma decisão emocionante, o lateral Léo marcou o gol que definiu o fim das cobranças: 10 a 9 para o São Paulo.

Sem Richarlison, Everton sofre 1ª derrota; veja rodada na Europa: