Flamengo

Futebol 'Rodada maluca' surpreende e leva futebol ao mundo das incertezas

'Rodada maluca' surpreende e leva futebol ao mundo das incertezas

Deu a louca no futebo! Liverpool e Manchester United são goleados, Bayern vê novamente Lewandowski brilhar e Flamengo vence com auxiliar do auxiliar

  • Futebol | Eugenio Goussinsky, do R7

Liverpool foi goleado pelo renovado Aston Villa

Liverpool foi goleado pelo renovado Aston Villa

Cath Ivill/EFE/04-10-20

Marcação alta, box to box, amplitude. Que nada! O futebol muitas vezes se sobrepõe aos termos e, em seus desenhos insinuantes, contraria a lógica e acaba mesmo é sendo uma "caixinha de surpresas".

Veja também: Orçamento alto do Flamengo se traduz em títulos para o clube

Até o antes previsível futebol europeu, agora cheio de recursos modernos, que fazem da tática uma maneira de enganar o adversário, experimentou isso neste fim de semana, em que "deu a louca no futebol".

Só na Premier League, dois gigantes foram goleados. Em cada uma das derrotas, o imponderável prevaleceu. Isso ocorreu na histórica goleada do Aston Villa sobre o Liverpool, tido por muitos como a melhor equipe do mundo na atualidade e que não tomava de 7 há 57 anos. O time vinha de duas vitórias seguidas na Premier.

O 7 a 2 foi resultado de um domínio amplo do renovado Aston Villa, dirigido por Dean Smith, sobre a equipe de Jürgen Klopp, que estava desfalcada do goleiro brasileiro Alisson, lesionado. Barkley, Grealish (2), McGinn e Watkins (3) marcaram para o Aston Villa, que em 2019 voltou à Primeira Divisão, da qual foi campeão pela última vez em 1981. Salah fez os dois do Liverpool.

Em outro jogo histórico, o Tottenham se sobrepôs ao Manchester United por 6 a 1. O resultado foi uma espécie de vingança de José Mourinho contra sua ex-equipe, da qual foi demitido em dezembro de 2018. Também foi uma resposta de Mourinho aos seus críticos que, assim como ocorre com Vanderlei Luxemburgo, vivem repetindo que ele está ultrapassado.

É verdade que o Tottenham, que tinha uma vitória, um empate e uma derrota na liga, jogou com um a mais desde os 28 do primeiro tempo, quando Martial foi expulso. Mas, já naquela altura, prevalecia, tendo acabado de virar o placar para 2 a 1. Na rodada anterior, o Manchester City, de Guardiola, tinha perdido por 5 a 2 para o Leicester.

Na Alemanha, Lewandowski aprontou mais uma e caminha para conquistar o título de melhor do mundo da Fifa na temporada. Ele, que já recebeu na última semana o prêmio de melhor da Europa, fez quatro gols na vitória do Bayern sobre o Hertha Berlin, por 4 a 3.

O feito dele só não foi maior do que o de setembro de 2015 quando, em nove minutos, ele fez cinco gols na virada do Bayern sobre o Wolfsburg, em partida que terminou 5 a 1.

No futebol brasileiro, a rodada também teve jogos cheios de emoção, como a vitória por 3 a 2 do Santos sobre o Goiás e a goleada de 4 a 1 do Atlético-MG sobre o Vasco. Mas, outro acontecimento incrível,foi a nova vitória do Flamengo sobre o Atletico-PR, por 3 a 1.

Não pelo resultado em si, mas porque o Flamengo foi comandado pelo auxiliar do auxiliar. Jordi Gris substituiu Jordi Guerrero, que já havia vencido com o clube quando substituía Domèmec Torrent, que só retornou nesta segunda-feira (5), recuperado de covid. Guerrero ainda está em quarentena por causa da doença.

Mourinho vinha capengando e goleou. Klopp vinha bem e foi goleado. O Flamengo venceu com o terceiro nome comandando em menos de 10 dias. E desta rodada maluca, uma boa reflexão está surgindo. Afinal, técnico é tão importante assim?

City entra para lista de times com uniformes questionáveis. Confira

Últimas