Futebol R$ 140 milhões não bastaram. Derrotado, Sampaoli exige reforços

R$ 140 milhões não bastaram. Derrotado, Sampaoli exige reforços

O Atlético teve seu segundo fracasso no Brasileiro. O elenco caríssimo travou diante do Internacional. Perdeu, de novo. Sampaoli quer mais jogadores

  • Futebol | Do R7

Jorge Sampaoli não admite. O Atlético Mineiro está longe do que se espera

Jorge Sampaoli não admite. O Atlético Mineiro está longe do que se espera

Atlético Mineiro

São Paulo, Brasil

Uma das repetidas acusações do presidente José Carlos Peres, em relação a Jorge Sampaoli, é sua soberba.

Em um ano de convivência com o argentino, o dirigente repete a amigos que o treinador não admitia ser questionado. 

Mesmo nas derrotas.

E, pressionado, sempre fala em reforços.

E ele segue assim no Atlético Mineiro.

Depois da segunda derrota em cinco jogos, o técnico ficou irritadíssimo depois do jogo contra o Internacional.

O clube que mais investiu no Brasileiro, R$ 140 milhões, não conseguiu superar o forte sistema de marcação organizado por seu compatriota, Eduardo Coudet.

O treinador do Internacional assumiu ter adaptado seu sistema de jogo para travar o Atlético Mineiro, mesmo jogando no Beira-Rio. E conseguiu.

Para transtorno de Sampaoli.

"Me parece que o resultado é injusto, na realidade. Mas, quando alguém analisa, analisa de acordo com o resultado. Se as mudanças foram feitas e perdemos, foram ruins.

"Se tivéssemos ganhado, as mudanças teriam sido boas. Tudo tem a ver com o resultado."

A análise rasa, não se justifica.

Já que o Atlético Mineiro não conseguiu impor a estratégia ofensiva de Sampaoli.

E pior, não conseguiu a disparada em um campeonato de pontos corridos, como ele sonhava.

Por isso, mesmo com a chegada de Sasha, que estreou ontem, ele vai pelo caminho fácil de exigir mais reforços.

Ele quer o goleiro Everson, em litígio com o Santos. Um meia talentoso, moderno.

E para o ataque quer o chileno Vargas.

Ou o atacante argentino Bustos.

O clube mineiro ainda não desistiu do jogador.

A verdade é que Sampaoli está muito incomodado.

Acredita que, com o Flamengo em reestruturação, com o Palmeiras apelando para o mesmo elenco, o caminho esteja aberto para o Atlético Mineiro voltar a ser campeão do Brasil, depois de 49 anos.

Gallardo marcou aos sete do primeiro tempo. Atlético não conseguiu reagir

Gallardo marcou aos sete do primeiro tempo. Atlético não conseguiu reagir

Site Internacional

Só que a realidade mostra que não é tão fácil.

O elenco milionário atleticano precisa de entrosamento, mais conjunto, outras alternativas táticas.

Não só mais jogadores.

Peres tinha razão.

O argentino detesta ser questionado.

E, nas derrotas, falar em reforços sempre desvia o foco.

Já eliminado da Copa do Brasil e da Sul-Americana, o Atlético tem apenas o Brasileiro a disputar.

Bustos. Atacante do Talleres segue como obsessão de Sampaoli

Bustos. Atacante do Talleres segue como obsessão de Sampaoli

Talleres/Twitter

Seu futebol deveria estar muito melhor.

E isso é culpa do treinador.

Assuma ou não, Sampaoli.

Por sorte, na quarta-feira, há a decisão do Mineiro.

Dois jogos contra a Tombense.

Adversário muito fraco.

Um título sempre acalma as coisas.

Disfarça falhas...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Vice de Neymar na Champions leve internet à loucura. Veja memes

Últimas