Tragédia no Flamengo

Futebol Presidente do Fla lamenta tragédia, mas não comenta ausência de laudo

Presidente do Fla lamenta tragédia, mas não comenta ausência de laudo

Dirigente, que não respondeu perguntas de repórteres, diz que clube irá ajudar famílias de vítimas de incêndio no CT Ninho do Urubu

  • Futebol | Adalberto Leister Filho, do R7

Parentes de vítimas da tragédia buscam informações no CT Ninho do Urubu

Parentes de vítimas da tragédia buscam informações no CT Ninho do Urubu

REUTERS/Ricardo Moraes

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, fez um pronunciamento rápido no início da tarde desta sexta-feira (8). Ele lamentou a tragédia no CT Ninho do Urubu e disse que o clube irá ajudar as famílias das vítimas do incêndio. O dirigente não respondeu perguntas dos jornalistas.

"Queria dizer que estamos todos consternados. Esta é certamente a maior tragédia que este clube já passou nos últimos 123 anos com a perda de dez pessoas", afirmou o presidente flamenguista. 

O dirigente afirmou que o clube irá trabalhar para ajudar os familiares dos mortos no incêndio que destruiu parte do alojamento das categorias de base do time. 

"O mais importante agora é se dedicar a tentar minimizar o sofrimento e a dor dessas famílias. Vocês podem estar certos de que o Flamengo está cuidando disso. O Flamengo também está colaborando com as autoridades para que a causa deste incêndio possa ser apurada. Ninguém mais do que nós tem mais interesse para que isso ocorra. Todos nós aqui do clube estamos de luto.

O dirigente, que não respondeu às perguntas dos repórteres, não comentou o fato de o Ninho do Urubu não ter laudo de funcionamento do Corpo de Bombeiros. O local ainda estava passando por regularização, segundo informou a assessoria de imprensa dos bombeiros. 

undefined

undefined

Arte/R7

Parentes de vítimas do incêndio se reúnem no CT do Flamengo

Últimas