Premier League deverá ficar por um ano sem público nos estádios

Treinos serão retomados nesta terça-feira (19), seguindo um protocolo de distanciamento social para que reinício da competição ocorra em junho

Alisson chega para treinamento do Liverpool

Alisson chega para treinamento do Liverpool

Peter Powell/EFE/19-05-20

Os treinos dos clubes da Premier League serão retomados nesta terça-feira (19), com vistas ao retorno das competições em junho.

Leia mais: Covid-19: clubes podem ser condenados a pagar seguro de vida

Mas a previsão é de que as partidas fiquem pelo menos um ano sem público, para evitar uma nova disseminação do novo coronavírus no país, conforme informou o The Guardian.

Os dirigentes dos clubes estão cientes desta realidade, obedecendo ao protocolo que prevê um período entre seis a 12 meses com portões fechados. A próxima temporada, portanto, também deverá ser realizada sem bilheteria.

O conselheiro médico da Premier League, Mark Gillett, explicou que tal procedimento é necessário para manter estável o nível de segurança sanitária.

"Sentei com o grupo do DCMS (comitê de Digital, Cultura, Imprensa e Esporte da Casa dos Comuns do Parlamento britânico), com um alto nível de opinião médica da Saúde Pública da Inglaterra, e eles deixaram claro que a situação social e sanitária não mudará nos próximos seis ou 12 meses. É importante que as pessoas entendam isso", ressaltou.

Na última segunda-feira (18), em videoconferência, os clubes decidiram por unanimidade retornar aos treinamentos, que serão divididos em grupos pequenos e seguindo protocolos de distanciamento social.

No comunicado, a entidade informou que este é "o primeiro passo para reiniciar a Premier League, quando for seguro."

Veja também: Astros do futebol ajudam no combate ao coronavírus

O governo também está participando das conversas para o retorno do futebol. O secretário de Internet, Cultura, Mídia e Esporte, Oliver Dowden, admitiu que as competições poderão ser retomadas no próximo mês, principalmente com base no êxito da volta do futebol alemão, no último fim de semana.

Um documento de 50 páginas, publicado pelo governo, será utilizado como referência para o fim gradual da paralisação imposta pela pandemia.

No campeonato, faltam apenas três vitórias para o Liverpool garantir o título. A equipe, onde atua o goleiro Alisson, da seleção brasileira, foi uma das que retomaram as atividades. Caso o clube inglês vença campeonato, está prevista uma comemoração especial, dentro das normas de segurança.

Veja os 20 jogadores que mais se valorizaram em 2020 no Brasil