Futebol Pelé teve infecção urinária e terá alta em até dois dias, diz assessor

Pelé teve infecção urinária e terá alta em até dois dias, diz assessor

Rei do Futebol foi internado em Paris, após participar de evento com o atacante francês Kylian Mbappé na terça-feira

pelé, infecção urinária

Assessor diz que Pelé se recuperará em pouco tempo

Assessor diz que Pelé se recuperará em pouco tempo

EFE/ Ian Langsdon

O assessor de Pelé há décadas, José Fornos, o Pepito, afirmou ao R7 que a internação do Rei do Futebol, nesta quarta-feira (3), em Paris, ocorreu por causa de uma infecção urinária. Segundo ele, o Rei do Futebol, de 78 anos, deverá receber alta em breve.

Leia mais: Pelé faz aniversário e celebra 78 anos ainda como referência mundial

"O Pelé teve uma infecção urinária, mas está tudo bem. Está sendo tratado com antibióticos e ele deverá ficar um ou dois dias no hospital, até debelar tudo. Já, já ele estará em forma."

Pelé viajou para Paris para participar de evento com o atacante francês Kylian Mbappé na terça-feira. O encontro estava marcado para o ano passado. Mas problemas de saúde do ex-craque fizeram o estafe de Pelé adiar o evento.

Veja também: Em encontro, Pelé diz que Mbappé não precisa sair do PSG para ser melhor do mundo

Mais cedo, a informação era de que Pelé havia sentido uma crise de tetania, que provoca formigamento, adormecimento das extremidades do corpo e contrações de músculos, podendo também provocar vômitos e sudorese (excesso de transpiração) e vômitos.

Pelé tem tido alguns problemas de saúde nos últimos tempos. Em 2014, ele já havia tido infecção urinária, quando foi internado. Ele também passou por três cirurgias, duas no quadril e uma na coluna.

O ex-craque deixou de participar da abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, por problemas de mobilidade. Participou, em 2017, do sorteio da Copa do Mundo de 2018, utilizando cadeira de rodas.

Pelé faz 78 anos e é lembrado por Neymar, Ronaldo e mais esportistas