Copa São Paulo
Futebol No Vasco desde criança, Lucas Santos sonha com time profissional

No Vasco desde criança, Lucas Santos sonha com time profissional

Capitão, camisa 10 e grande destaque da equipe na Copinha 2019, meia lamentou derrota para o São Paulo e exaltou campanha: "Foi lindo"

No Vasco desde criança, Lucas Santos sonha com time profissional

Lucas Santos enalteceu grupo e disse confiar que pode ir para o time de cima

Lucas Santos enalteceu grupo e disse confiar que pode ir para o time de cima

Guilherme Padin/R7

Considerada a grande vitrine do futebol brasileiro, a Copa São Paulo já revelou craques como Dener, Falcão e Djalminha. Finalista da edição de número 50 do torneio, o meia Lucas Santos, que chegou ao Vasco ainda criança, confia que pode ser mais um dos nomes revelados pela Copinha.

CONFIRA: Carecas, são-paulinos homenageiam Larissa na final da Copinha

Após o vice-campeonato diante do São Paulo, o grande destaque da campanha vascaína sonha com a possível ascensão ao elenco profissional.

"Por estar desde novo no clube, sempre foi meu sonho. Se dependesse só de mim, já ia ao profissional, mas não é assim", disse ele ao R7 logo após a partida.

É TETRA: São Paulo cede o empate, mas leva o título da Copinha nos pênaltis

Capitão do time, camisa 10 e autor de cinco gols na competição — o último deles um golaço, de falta, na final contra o Tricolor Paulista —, Lucas prefere valorizar o trabalho do grupo em detrimento ao individual.

"Foi uma campanha coletiva excelente. Esse time teve um companheirismo muito grande. Se não fosse o coletivo, [eu] não teria alcançado nada que alcancei", afirmou o craque de 19 anos, que prosseguiu: "Fica um sentimento de que poderia ter sido mais. Mas fico grato por poder chegar aqui, pelo companheirismo, por tudo que fizemos, foi lindo."

A decepção foi ainda mais significativa para o meia cruzmaltino: esta era a quarta e última Copinha de um atleta que está desde os seis anos no clube de São Januário.

"Tenho muitos anos de casa. Queria deixar a quarta Copinha com título, mas não foi dessa vez. Bola para frente. O São Paulo está de parabéns, assim como nós", disse.