Tragédia no Flamengo
Futebol Ninho do Urubu não tinha laudo final do Corpo de Bombeiros

Ninho do Urubu não tinha laudo final do Corpo de Bombeiros

De acordo com a assessoria de imprensa da corporação o local que foi incendiado estava em processo de regularização 

Ninho do Urubu pegou fogo nesta sexta-feira (8)

Ninho do Urubu pegou fogo nesta sexta-feira (8)

Ricardo Moraes/Reuters - 9.2.2019

O Ninho do Urubu ainda não tinha o laudo final de funcionamento do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa confirmou ao R7 que o centro de treinamento do Flamengo ainda estava em processo de regularização, portanto não possuia o Certificado de Aprovação (CA) emitido pela coorporação. 

De acordo com o departamento de comunicação, este documento não é o alvará de funcionamento ou habite-se do local, ambos emitidos pela prefeitura do Rio.

Além disso, a ausência do CA não significa que o Flamengo não tinha dispositivos contra incêndio no local, e sim que o clube não era ainda aprovado pelo Corpo de Bombeiros.

O CT é usado principalmente pelas categorias de base do Rubro-Negro e fica em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O time principal também usava o local para treinamento. 

O incêndio no Ninho do Urubu aconteceu na madrugada desta sexta-feira (8). A tragédia resultou na morte de dez pessoas e outros três jogadores das categorias de base estão hospitalizados. São eles: Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14 anos; Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; e Jhonatan Cruz Ventura, 15 anos, que está em estado grave.

As autoridades trabalham com a hipótese de que um curto-circuito no ar-condicionado tenha causado o incêndio.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.