Futebol Morre Andrew Jennings, repórter que denunciou Fifa e COI

Morre Andrew Jennings, repórter que denunciou Fifa e COI

Jornalista sacudiu mundo do esporte com denúncias sobre corrupção nas entidades. Morte foi confirmada nesta segunda

Andrew Jennings morreu no último sábado (8)

Andrew Jennings morreu no último sábado (8)

SERGIO BARZAGHI/Gazeta Press

O jornalista britânico Andrew Jennings, que jogou luz sobre atos de corrupção nas principais estruturas de poder do futebol e do esporte, morreu no dia 8 de janeiro, aos 78 anos, vítima de "uma doença repentina e breve", segundo as redes sociais do próprio repórter. A morte foi confirmada nesta segunda-feira (10). 

Jennings, ao longo de sua vida, investigou os bastidores da corrupção na Fifa e no COI, além do envolvimento britânico no Irã, a máfia na Chechênia e outros temas polêmicos. Nascido em 3 de setembro de 1943, o primeiro trabalho de grande impacto do jornalista foi uma grande reportagem sobre a Scotland Yard, a polícia de elite do Reino Unido. 

Trabalhando com esporte, Jennings deu uma nova cara a um jornalismo que antes só se preocupava em entreter os milhões de torcedores espalhados pelo mundo. Um de seus trabalhos, inclusive, foi a denúncia de um esquema de corrupção montado pelo brasileiro João Havelange na Fifa, que após a denúncia do repórter passou a ser investigado. Outro brasileiro "alvo" de Jennings foi o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira. 

Na CPI do Futebol, em 2015, o jornalista afirmou que "a Fifa e a CBF são entidades podres e que precisam urgentemente de um novo estatuto para que elas não tomem mais o dinheiro das pessoas". 

Muito antes disso, há praticamente 30 anos, Jennings expôs os bastidores do COI, sacudindo a família olímpica e gerando até a queda de alguns cartolas. Em seu livro "The Lords of the Rings: Power, Money and Drugs in the Modern Olympics", o repórter jogou luz ao que ocorria nas entranhas da principal entidade esportiva do mundo e obrigou a instituição a realizar reformas profundas. 

Nesta segunda-feira (10), o perfil oficial de Andrew Jennings confirmou a morte do repórter que inspirou toda uma geração de jornalistas. 

Mercado da bola: confira as negociações do seu clube para 2022

Últimas