Novo Coronavírus

Futebol Luxemburgo cutuca Jesus e 'dá recado' a Lucas Lima no Palmeiras

Luxemburgo cutuca Jesus e 'dá recado' a Lucas Lima no Palmeiras

Recuperado da covid-19, treinador acredita que meia 'só depende dele' para brilhar e assumir responsabilidade após a saída de Dudu para time árabe

  • Futebol | Felippe Scozzafave, do R7

Luxemburgo está ansioso pelo retorno do futebol em São Paulo

Luxemburgo está ansioso pelo retorno do futebol em São Paulo

Divulgação/Palmeiras

Recuperado da covid-19, o técnico Vanderlei Luxemburgo já está de volta aos trabalhos no Palmeiras. E ansioso para o primeiro jogo, logo contra o maior rival, o Corinthians, na próxima quarta-feira.

Nesta sexta, o treinador concedeu uma entrevista coletiva virtual e opinou sobre diversos assuntos, até mesmo o Flamengo, que provavelmente perderá o técnico Jorge Jesus, cada vez mais perto de voltar ao Benfica. E aproveitou para alfinetar a atitude do português.

"Ninguém podia afirmar que com o Jesus aqui o Flamengo não pudesse perder. O Flamengo seria campeão? Algumas outras equipes são competitivas. É que o Jesus é um treinador estrangeiro. O que eu digo é que se fosse um brasileiro que tivesse feito isso, de largar o trabalho no meio, seria "porrada" a todo momento. Mas agora o problema é deles de arrumar um novo técnico. Mas o Flamengo continua com o elenco forte e é um candidato em potencial à conquista de títulos. Mas, para ganhar, é outra história. Tem que jogar primeiro."

Sobre o Palmeiras, Luxemburgo admitiu que não contava com a saída de Dudu, que jogará no Oriente Médio, mas que seu substituto "surgirá naturalmente": "Alguém vai ter que botar a cara para fora e buscar o jogo. Ou alguma contratação, ou algum jogador já do elenco vai passar a buscar mais o jogo. Essas coisas acontecem. Um clube grande como o Palmeiras vai encontrar uma solução. Vão surgir novos jogadores com talento. Pouco tempo atrás surgiu o Gabriel Jesus e rapidamente virou ídolo do clube."

Um dos cotados para assumir a responsabilidade de principal articulador do time é Lucas Lima. Para Luxemburgo, pode ser esse momento: O Lucas Lima depende só dele. Não de mim. Ele fez um trabalho específico durante a pandemia e ganhou 4,5 kg de massa muscular e está muito bem nos treinamentos. Talento ele tem. Agora depende dele saber se ele vai jogar", concluiu.

Faltando ainda cinco dias para o clássico com o Corinthians, o treinador não quis dar dicas do time que escalará no clássico, mas por ora ele cogita até mesmo escalar o atacante Rony, suspenso pela Fifa por causa de uma confusão na saída do Albirex Niigata, do Japão, mas que pode conseguir uma liberação judicial.

Saiba quais foram os maiores 'Reis das Copas do Mundo'

Últimas