Futebol Lugano se despede do São Paulo: 'cresci como homem e profissional'

Lugano se despede do São Paulo: 'cresci como homem e profissional'

Uruguaio não continuará no clube em que é ídolo como zagueiro após eleição de Julio Casares como novo presidente

Lugano ficou três anos como dirigente do São Paulo

Lugano ficou três anos como dirigente do São Paulo

Divulgação

Chegou ao fim a terceira passagem de Diego Lugano pelo São Paulo. Ídolo como zagueiro, o uruguaio desempenhou, desde a sua aposentadoria, no fim de 2017, o cargo de superintendente de relações institucionais do clube.

Porém, neste início de 2021, com a eleição de Julio Casares como presidente, a decisão foi de afastar Lugano de suas funções.

Poucas horas após Casares deixar claro que o uruguaio não teria continuidade no cargo, o próprio foi às redes sociais agradecer pela oportunidade:

"Tudo na vida é transitório. Tive no São Paulo minha meia década de jogador, onde cresci como homem e profissional. Por último agora vivi no clube meus derradeiros anos como atleta e os primeiros numa função em que pude conhecer mais profundamente o 'Universo São Paulo'. Sou muito grato a todos que conviveram comigo, dando-me a confiança e o amparo para exercer o novo ofício", iniciou ele, deixando claro que seguirá no mundo do futebol.

"O ciclo fechou-se, o nosso Tricolor passa por um momento de transição administrativa, e, pelo meu lado, novos desafios e compromissos também me chamam. Vou modificar a primeira frase desta mensagem. Quase tudo na vida é transitório. As relações humanas, mesmo as mais distantes, podem eternizar-se. O carinho e o respeito que dou e recebo dos São-Paulinos certamente são para sempre", completou.

Máquina de polêmicas! Confira confusões de Neymar na carreira

Últimas