caso daniel
Futebol Jogadores e clubes lamentam morte do meia Daniel nas redes sociais

Jogadores e clubes lamentam morte do meia Daniel nas redes sociais

O corpo do atleta de 24 anos foi encontrado no meio de uma plantação de pinos, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba 

repercussão jogador

Daniel Corrêa tinha contrato com o São Paulo até o fim do ano

Daniel Corrêa tinha contrato com o São Paulo até o fim do ano

Divulgação São Paulo

Ex-jogadores e clubes defendidos por Daniel prestaram homenagem ao atleta, nesta segunda-feira (29), nas redes sociais. O meio-campo de 24 anos foi encontrado morto em uma plantação de pinos em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curtiba, no último sábado. 

O corpo de Daniel foi levado para o IML (Instituto Médico Legal). O laudo afirmou que o jogador foi torturado, já que ele apresentou cortes profundos feitos por uma arma branca no pescoço e a genitália foi cortada.

Mais: O bárbaro assassinato de Daniel choca os jogadores do São Paulo

O programa Balanço Geral da RecordTV noticiou que a principal suspeita da polícia é que tenha sido um crime passional. Daniel estaria com uma mulher comprometida e o marido ou namorado teria se vingado. 

De acordo com a assessoria de imprensa do jogador, o corpo ainda está em Curitiba. A previsão é que chegue a Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais, na manhã da próxima terça-feira (30). A família está na cidade onde o corpo vai ser enterrado. Somente um primo de Daniel viajou para Curitiba para fazer o reconhecimento e a liberação do corpo. 

Leia também: Jogador assassinado, Daniel teve passagem apagada pelo São Paulo

Os atacantes Alan Kardec, do Chongqing Lifan-China, e Calleri, do Alavés-Espanha, jogaram com Daniel no São Paulo e publicaram homenagens no Instagram. 

Calleri publicou homenagem em conta do Instagram

Calleri publicou homenagem em conta do Instagram

Reprodução Instagram

Os volantes Souza e João Schimidt e o lateral Michel Bastos também lembraram de Daniel nas redes sociais. 

O meio-campo Hudson, capitão do São Paulo, também se pronunciou. 

Hudson lembrou de Daniel em sua conta no Instagram

Hudson lembrou de Daniel em sua conta no Instagram

Reprodução Instagram

Daniel tinha contrato com o São Paulo até dezembro deste ano e estava emprestado para o São Bento, de Sorocaba, que disputa a Série B do Brasileiro. Lucas Crispim e Samuel Santos, companheiros de equipe, falaram sobre a morte de Daniel. 

Homenagem de Lucas Crispim, companheiro do São Bento, de Sorocaba

Homenagem de Lucas Crispim, companheiro do São Bento, de Sorocaba

Reprodução Instagram
Homenagem do lateral Samuel Santos, do São Bento

Homenagem do lateral Samuel Santos, do São Bento

Reprodução Instagram

Daniel começou nas categorias de base do Cruzeiro e foi para o Botafogo, do Rio de Janeiro. Em 2014, o meia foi comprado pelo São Paulo, mas o clube optou por emprestá-lo para o Curitiba, Ponte Preta e São Bento. Todos os clubes se pronunciaram por meio de redes sociais. 

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

    Access log