Gremistas minimizam derrota para Fluminense e pedem atenção contra o Flamengo

O jogo contra o Fluminense neste domingo serviu como preparação do Grêmio para o duelo diante do Flamengo, pela semifinal da Copa Libertadores. Apesar da derrota por 2 a 1, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, os jogadores não deixaram de mencionar a decisão desta quarta-feira, tratada como prioridade para equipe na temporada.

"(A derrota) não muda nada para quarta-feira. O time se comportou bem. Tivemos dois vacilos, que acabaram saindo caro. Dominamos o jogo, criamos oportunidades, mas não fizemos. Jogamos bem, mas ficou no passado. Agora é focar na quarta (contra o Flamengo)", disse Rômulo.

Voltando de lesão, o lateral-direito Léo Moura jogou neste domingo para ganhar ritmo de jogo. O lado direito é a principal dúvida do técnico Renato Gaúcho para o duelo. O ex-flamenguista, no entanto, tem grande chance de iniciar a partida, já que Leonardo, dono da posição, não atua mais em 2019.

"A equipe foi bem. Primeiro tempo tivemos três ou quatro oportunidades. Faltou tranquilidade para colocar a bola para dentro. Jogo foi bom. Tiveram chances também. Sabíamos da dificuldade por eles estarem em uma zona desconfortável. A partir de agora pensamos no Flamengo", analisou Léo Moura.

Com o resultado, o Grêmio viu cair uma invencibilidade de sete jogos seguidos no Brasileirão, sendo que venceu os últimos quatro jogos. Com isso, ficou também fora da zona da Libertadores, com 34 pontos.

Antes de pegar o Corinthians no sábado, pela 23.ª rodada do Brasileirão, o Grêmio enfrenta o Flamengo nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela Libertadores.