Palmeiras no Mundial

Futebol Fifa relembra Mundial de 1951 e reconhece título do Palmeiras

Fifa relembra Mundial de 1951 e reconhece título do Palmeiras

Chamados de 'super-heróis verdes', publicação em site oficial da entidade máxima do futebol conta a história da conquista do Verdão

Lance
Em site oficial, FIFA reconhece o Palmeiras como campeão mundial de1951

Em site oficial, FIFA reconhece o Palmeiras como campeão mundial de1951

Lance

O Palmeiras estreia neste domingo no Mundial de Clubes da Fifa diante do Tigres, do México. Com isso, a FIFA resolveu relembrar um pouco da história do Verdão no mundial, dando destaque para a Copa Rio de 1951, competição considerada pela entidade como Campeonato Mundial.

Leia mais: Técnico do Tigres diz saber tudo o que precisa sobre o Palmeiras

Chamados de 'super-heróis verdes', o time palmeirense de 1951 teve sua história relembrada, desde o inicio da competição ao lado do Vasco como os dois clubes brasileiros participantes, até a final no Maracanã, com 100 mil pessoas, diante da poderosa Juventus, da Itália.

- Um campeonato mundial havia sido sonhado e discutido durante anos por alguns dos maiores lançadores do futebol - Jules Rimet, Ottorino Barassi e Stanley Rous entre eles - e finalmente foi agendado para 1951 no Brasil, que recentemente sediou a Copa do Mundo da FIFA ™ . A competição de oito equipes envolveu algumas das melhores equipes da Europa, os gigantes uruguaios Nacional e a dupla brasileira Vasco da Gama e Palmeiras, que se classificaram como vencedores do Torneio Rio-São Paulo - diz o texto da Fifa.

A Fifa destacou ainda que o Palmeiras foi goleado pela Juventus na primeira fase do torneio por 4 a 0, porém, as 'potências paulistas' avançaram para fase seguinte e conquistaram o título.

- As potências paulistas, porém, tinham outras ideias e, esquivando-se de golpes contundidos, venceram o Vasco por 2 a 1 em 180 minutos nas semifinais e venceram a Juventus por 1 a 0 no jogo de ida da final. O Rio de Janeiro estava lotado no dia da decisão, com cerca de 10.000 italianos lotando seus hotéis, certo Juventus sairia triunfante. No entanto, Liminha, um jovem de 21 anos que havia começado o torneio no banco, ajudou a estabelecer o primeiro empate e marcou um gol no final do jogo, que conquistou o título, no empate de 2 a 2 diante de mais de 100 mil no Maracanã - concluiu o texto.

Palmeirenses personalizam chuteiras para estreia no Mundial

Últimas