Everton Ribeiro admite cansaço e Arão vê falta de concentração do Fla em vitória

O Flamengo não teve o desempenho esperado, mas conseguiu derrotar o valente CSA por 1 a 0, no Maracanã, nesta noite de domingo, no encerramento da 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca acabou dando espaço para o adversário e o goleiro Diego Alves teve de trabalhar para evitar um tropeço dentro de casa e diante de público pagante recorde neste Brasileirão de 65.649 pessoas.

"A gente baixou um pouco a concentração. Fomos no limite na quarta-feira na goleada sobre o Grêmio (5 a 0). Perdemos gols que não costumamos perder. Demos três chances a eles por falta de concentração, erros bobos. Nem sempre vamos conseguir dar show, fazer três, quatro ou cinco gols. Foi importante vencer para se sagrar campeão mais rápido", comentou o volante Willian Arão.

Mesmo com a folga na liderança, o técnico Jorge Jesus não poupou jogadores e mandou a campo uma equipe considerada titular. O único jogador que não atuou neste domingo em relação ao que participou da goleada sobre o Grêmio, por 5 a 0, no meio de semana, foi o zagueiro Pablo Marí, que estava suspenso. O restante da equipe foi a mesma que atropelou o rival gaúcho.

"Sentimos um pouco o cansaço. Estava bem quente hoje, por isso que não conseguimos fazer a pressão que a gente faz. Eles conseguiram sair jogando", acrescentou Everton Ribeiro, que ainda elogiou o desempenho do adversário deste domingo.

"A gente sabia que seria difícil, a equipe deles está bem encaixada, vem melhorando, apesar da situação na tabela. Fizeram um grande jogo, a gente não encaixou nossa marcação, mas fez um gol que deu vantagem para levar até o final. Isso foi importante", encerrou.