Embalada por vitória, Chapecoense tem mudança na defesa contra o Botafogo

A vitória sobre o Avaí deu novo ânimo à Chapecoense, que busca a difícil missão de escapar do rebaixamento na reta final do Campeonato Brasileiro. Para a próxima partida, que será disputada nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena Condá, contra o Botafogo, pela 35ª rodada, o técnico Marquinhos Santos não pode contar com o zagueiro Hiago, suspenso, mas tem reforços importantes.

Para a defesa, Maurício Ramos está recuperado de lesão e deve ser o escolhido para entrar na vaga de Hiago. Há ainda a possibilidade de o volante Amaral ser improvisado no setor.

"É sempre bom vencer. Agora que conseguimos voltar a vencer, ainda mais em um clássico contra o Avaí, continuamos vivos e podemos seguir nessa batalha. Sabemos que a missão será difícil, mas vamos pensar jogo a jogo", analisou o zagueiro e capitão Douglas, confirmado na equipe mais uma vez.

Outro retorno será o do lateral Renato, que voltou a treinar normalmente após perder algumas atividades por conta de dores na panturrilha. Mesmo assim, ele não está confirmado na equipe e disputa uma posição com Eduardo. Renato também foi utilizado como meia ao longo da competição, mas o treinador deve manter o trio formado por Márcio Araújo, Campanharo e Camilo.