Futebol Diniz assume que rendimento caiu após eliminação na Copa do Brasil

Diniz assume que rendimento caiu após eliminação na Copa do Brasil

Depois de derrota para Grêmio, São Paulo só venceu Flu no dia 26 de dezembro. Técnico minimiza discussão entre Volpi e Reinaldo

Agência Estado - Esportes
Diniz não deu importância para discussão entre Volpi e Reinaldo após empate

Diniz não deu importância para discussão entre Volpi e Reinaldo após empate

Marcello Zambrana/Estadão Conteúdo - 23.1.2021

O técnico Fernando Diniz lamentou neste sábado mais um tropeço do São Paulo no Campeonato Brasileiro, que desta vez custou a chance de retomar, mesmo que provisoriamente, a liderança perdida na última quarta-feira para o Internacional. O 1 a 1 com o Coritiba, no estádio do Morumbi, na capital paulista, deixa o clube tricolor um ponto atrás (59 a 58) dos gaúchos, que neste domingo fazem o clássico contra o Grêmio.

De acordo com Fernando Diniz, o rendimento do time começou a cair após a eliminação para o Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil, no último dia 30, em discurso já utilizado pelo lateral-direito espanhol Juanfran na derrota para o Internacional. Em 2021, o São Paulo ainda não venceu - são dois empates e três derrotas.

"Já comentei com os jogadores, acho que a queda foi depois do jogo do Grêmio em Porto Alegre. A gente venceu o Fluminense depois, mas jogando abaixo, depois veio a desclassificação, com o Bragantino oscilamos. Hoje (sábado) fizemos o primeiro tempo 'ok', depois melhoramos, mas hoje principalmente no segundo tempo, produzimos para ganhar o jogo", disse o técnico, em entrevista coletiva.

"Não tem como explicar de maneira simplista porque não vencemos. Tivemos chances de fazer gols, erramos num arremesso lateral e demos a chance do Coritiba marcar. Precisamos nos juntar, nos unir, trabalhar e passar esse momento que estamos passando", acrescentou Fernando Diniz.

O treinador falou da discussão após o final do jogo entre o goleiro Tiago Volpi e o lateral-esquerdo Reinaldo, flagrada pelas câmeras da transmissão pela TV. "Não tem clima pesado e crise entre os jogadores. O Volpi e o Reinaldo se dão super bem, foi cobrança de jogo e ninguém aceitou o empate, perder dois pontos, ainda mais como se desenhou o segundo tempo. Acho que a discussão foi até saudável, ela chegou no vestiário, mas está tudo bem. A indignação tem que acontecer mesmo", completou.

O São Paulo volta a campo apenas no próximo domingo, às 16 horas, para enfrentar o Atlético Goianiense, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 33.ª rodada do Brasileirão.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Conheça técnicos mais bem pagos do mundo: Pep Guardiola lidera

Últimas