Destaque, Evandro destaca peso do triunfo e admite atuação apagada do Santos

Embora o Santos tenha enfrentado a Chapecoense com seis alterações em relação ao time que havia perdido por 2 a 1 para o Fortaleza, a única troca por opção do técnico Jorge Sampaoli foi a entrada de Evandro, escalado no lugar de Diego Pituca. E o meio-campista não decepcionou: construiu a jogada do primeiro gol e fez o segundo no triunfo por 2 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Evandro, assim, liderou o Santos diante do vice-lanterna, mas o time não brilhou. Com um gol marcado no início de cada tempo, não empolgou, embora também não tenha levado sustos. O meia reconheceu que a equipe não foi intensa, mas destacou a importância do resultado para a busca pelo vice-campeonato nacional.

Como o Palmeiras perdeu para o Flamengo, o Santos chegou aos 71 pontos, com três de vantagem para o terceiro colocado a duas rodadas do fim. "Não jogamos tão bem hoje, é verdade, mas os três pontos foram fundamentais e muito bons para a gente alcançar essa segunda colocação do Campeonato Brasileiro", afirmou, em entrevista ao Premiere.

Como leva vantagem nos critérios de desempate, o Santos só precisa de um triunfo para garantir o segundo lugar. O time vai visitar o Athletico-PR na quarta-feira, na Arena da Baixada, e no domingo receberá o Flamengo, na Vila Belmiro.

Evandro pediu atenção e foco para o Santos não deixar o vice-campeonato escapar. "Ainda não acabou, ainda não está garantido. Vamos procurar a vencer os dois próximos jogos para que o objetivo seja alcançado", disse.