Futebol Cuéllar minimiza pressão e diz que Flamengo aprendeu com erros na Libertadores

Cuéllar minimiza pressão e diz que Flamengo aprendeu com erros na Libertadores

O Flamengo enfrenta o Independiente Santa Fe nesta quarta-feira precisando da vitória. Mesmo atuando na Colômbia, em Bogotá, o time brasileiro só pensa nos três pontos porque já empatou duas vezes em casa. Um novo tropeço poderia colocar a classificação à próxima fase da Libertadores em sérios riscos.

A pressão sobre o elenco existe, justamente pela necessidade de vencer. Mas não assusta o volante Cuéllar. "Pressão a gente tem só de jogar com a camisa do Flamengo, porque é o maior time do Brasil. É normal para nós. A gente tem que superar isso, fazer um bom jogo", declarou nesta terça-feira.

Colombiano, o jogador garantiu que o Flamengo aprendeu a jogar fora de casa na Libertadores após a dolorosa eliminação na fase de grupos do ano passado, quando o time venceu os três jogos no Rio, mas perdeu os três longe do Brasil. Desta vez, a situação é diferente. Em casa, empates contra River Plate e Independiente Santa Fe. A única vitória veio justamente no exterior, contra o Emelec, no Equador.

"Aconteceu na Libertadores passada, então vamos trabalhar para não cometermos os mesmos erros. A gente é muito consciente disso, por isso fomos ao Equador para tentar os três pontos e conseguimos. Não será diferente amanhã, vamos tentar fazer um grande jogo, contra um grande time. Com certeza, será muito difícil", opinou.

Para esta quarta, o Flamengo tem a vantagem de já conhecer o adversário, com quem empatou por 1 a 1 na semana passada. Na ocasião, o time carioca dominou a maior parte do confronto, mas errou quando não podia e teve que se contentar com o resultado. Agora, o objetivo é fazer bem diferente.

"O time deles é muito competitivo. Mostraram no Maracanã que não são fáceis de enfrentar, se agruparam bem na defesa e fizeram um jogo inteligente. A gente deixou eles sentirem conforto com o contra-ataque. Então, temos que aprender com estes erros, porque perdemos dois pontos", comentou Cuéllar.

O volante pediu também atenção especial com Morelo, atacante que marcou o gol do Santa Fe na primeira partida e que é o artilheiro da Libertadores, com oito gols. "É um jogador decisivo, muito rápido. Também é goleador. Conheço há muito tempo, desde que jogava na Colômbia. A gente precisa tomar cuidado, porque se deixar ele confortável, vai matar o jogo."

Nesta terça, o técnico Maurício Barbieri fechou o último treino do Flamengo e fez mistério sobre a escalação. Diego, recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, deve atuar. Para proteger a marcação, o interino pode escalar Jonas ou Willian Arão na vaga de Éverton Ribeiro. A definição sairá momentos antes da partida.

    Access log