Futebol Corinthians e São Paulo decidem título pressionados por jejum de gol

Corinthians e São Paulo decidem título pressionados por jejum de gol

Se nenhum dos dois vencer no tempo normal, decisão irá para os pênaltis e o campeão paulista será time que não ganha há pelo menos 4 jogos

corinthians, são paulo, título

Gustagol e Arboleda fizeram duelo equilibrado no primeiro jogo

Gustagol e Arboleda fizeram duelo equilibrado no primeiro jogo

Leandro Bernardes/Ag~encia Estado/14-04-19

Corinthians e São Paulo fazem a final do Campeonato Paulista neste domingo (21), às 16 horas, na Arena Corinthians e, além de decidir o título, farão um duelo particular para definir quem voltará a fazer um gol primeiro. E, se possível, qual dos dois novamente voltará a sentir o gosto da vitória.

Leia mais: CBF apresenta novo símbolo, que só estampa camisa da Seleção em 2020

As duas equipes entram em igualdade. Se nenhum dos dois vencer no tempo regulamentar, o título será decidido nos pênaltis e ficará com uma equipe que estará há pelo menos quatro jogos sem vitória. O Corinthians busca o tricampeonato. E o São Paulo quer voltar a ser campeão estadual, algo que não ocorre desde 2005.

Por isso, ambos fazem uma final bastante contestada pela opinião pública. Jogaram um futebol de pouca efetividade nas últimas partidas. O último gol do Corinthians ocorreu no dia 31 de março, quando a equipe venceu por 2 a 1 o Santos, no primeiro jogo da semifinal. Ficou sem marcar nas derrotas contra o Ceará, Santos e a Chapecoense no empate contra o São Paulo.

Já o São Paulo, comemorou um gol pela última vez no dia 27 de março, na vitória sobre o Ituano por 1 a 0, nas quartas de final. Além do empate sem gols contra o Corinthians, o time não marcou gols nas semi contra o Palmeiras. São mais de 10 horas sem balançar as redes, se somados os tempos de jejum das duas equipes.

Para tentar fazer a equipe reagir, Carille prega acima de tudo a tranquilidade. Danilo Avelar deverá ser a novidade, recuperado de dores no joelho.

O técnico ficou mais satisfeito com o fato de o time ter mostrado algum ímpeto ofensivo no segundo tempo do jogo contra a Chapecoense.

Mas, em alguns momentos, o time mostrou muita ansiedade na finalização. No fim do jogo, por exemplo, com Boselli pedindo a bola na área, Clayson, isolou a bola, chutando quase na bandeira de escanteio.

Desta maneira, Carille, mesmo mantendo mistério, certamente vai armar um time preocupado com a marcação, mas também tentando surpreender o adversário, ora no contra-ataque ora na saída de bola com toques rápidos. 

Há a chance dele iniciar o jogo com um meio-campo compacto, mas que saiba tocar a bola, com Ralf, Sornoza (no lugar de Júnior Urso, contundido), Ramiro e Jádons. No ataque, Vágner Love deve iniciar ao lado de Gustagol.

"Eu prefiro ser campeão, né? Independente do jeito que joga. Hoje o futebol é isso. Às vezes, você jogando feio, mas sendo campeão, o que vão lembrar na frente é que você foi campeão", observou Jadson, no meio da semana, antes da derrota para a Chape.

Leia mais: Supercopa, nova camisa, VAR... veja as novidades apresentadas pela CBF

Opções de Cuca

No São Paulo, o técnico Cuca afirmou que tem várias possibilidades para armar a equipe.

– A semana para nós foi boa. Ainda falta um dia, vamos trabalhar taticamente. Vou trabalhar algumas variações, uma foi com o Jucilei e a outra foi a manutenção da partida de domingo e uma terceira com jogadores mais experientes. Vamos analisar onde o time se encaixa para essa decisão. Quanto a postura do Corinthians a gente vê um time marcando pressão e achamos que eles vão manter esse estilo de jogo.

De qualquer maneira, ele tentará armar uma equipe que não insista apenas em se defender e buscar os contra-ataques. Seu objetivo é utilizar a habilidade do meia Igor Gomes para iniciar as jogadas criativas, com Antony e Everton Felipe buscando sufocar a defesa corintiana.

O meia Hernanes, que entrou na etapa final da primeira partida, deve iniciar como titular. Liziero continua sendo dúvida. Há também a possibilidade de Jucilei começar o jogo como volante.

Ficha técnica

CORINTHIANS X SÃO PAULO

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data e horário: domingo (21 de abril de 2019) às 16h
Árbitro: Raphael Claus 
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Marcelo Carvalho Van Gasse 

CORINTHIANS: Cássio; Fágner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Sornoza, Ramiro e Jadson; Vágner Love e Gustagol. Técnico: Fábio Carille

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Hernanes (Jucilei), Igor Gomes e Everton; Antony (Gonzalo Carneiro) e Everton Felipe. Técnico: Cuca

Negócio fechado! Veja as contratações do mercado da bola