Futebol Corinthians e Palmeiras podem ajudar São Paulo a ser campeão

Corinthians e Palmeiras podem ajudar São Paulo a ser campeão

Time do técnico Fernando Diniz tem boa vantagem sobre os concorrentes Atlético-MG e Flamengo: sete pontos

  • Futebol | Eugenio Goussinsky, do R7

Corinthians pode tirar pontos do Flamengo

Corinthians pode tirar pontos do Flamengo

Mauro Horita/Agência Estado/13-12-20

Na reta final do Campeonato Brasileiro, cuja 28ª rodada tem início na quarta-feira (6), destacam-se três favoritos ao título: São Paulo, Flamengo e Atlético-MG. Nesta ordem mesmo, apesar do Galo estar  à frente do Rubro-Negro pelos critérios de desempate.

Para São Paulo e Atlético-MG, faltam 11 jogos. Com um jogo a mais para fazer, totalizando 12, o Flamengo pode diminuir a distância do São Paulo para quatro pontos.

Tudo isso, em teoria. Na prática, a situação é outra. Isso porque o jogo que falta ao Flamengo é o da 23ª rodada, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Já classificado para as finais da Copa do Brasil, que ocorrerão nos dias 3 e 10 de fevereiro, contra o Palmeiras, o Grêmio aproveitará esse tempo para tentar ficar próximo da Libertadores de 2021, já que, neste momento, ocupa a 5ª posição, com 45 pontos, mas um jogo a menos do que o rival Inter.

Arte/R7

Portanto, não será nada fácil para o Flamengo vencer o Grêmio e diminuir a diferença para o São Paulo de uma maneira que possa se manter animado. Um empate da equipe de Rogério Ceni com o time gaúcho não será satisfatório.

A situação na tabela é um fator que irá influenciar. Muitos dos adversários de cada um dos favoritos estarão lutando por um objetivo na competição, alguns contra o rebaixamento, outros por uma vaga na Sul-Americana e outros pela Libertadores.

O São Paulo vai encarar a seguinte sequência: Red Bull (fora), Santos (casa), Athletico (f), Inter (c), Coritiba (c), Atlético-GO (f), Palmeiras (c), Ceará (c), Grêmio (f), Botafogo (f) e Flamengo (c).

Já o Atlético enfrenta  Santos (c), Red Bull (f), Atlético-GO (c), Grêmio (f), Vasco (f), Fortaleza (c), Goiás (f), Fluminense (f), Bahia (c), Sport (f) e Palmeiras (c).

Além do Grêmio, o Flamengo terá pela frente Fluminense (c), Ceará (c), Goiás (f), Palmeiras (c), Athletico (f), Sport (f), Vasco (c), Red Bull (f), Corinthians (c), Inter (c) e São Paulo (f).

Em tese, o caminho do São Paulo é o mais tranquilo. A equipe já tem uma boa vantagem sobre os concorrentes, em número de pontos, e jogará com dois adversários praticamente rebaixados, que possivelmente entrarão em campo menos motivados e sem objetivos concretos na tabela, casos de Coritiba e Botafogo.

Além disso, enfrentará o rival Palmeiras no dia 7 de fevereiro, justamente uma data entre as duas finais da Copa do Brasil o que, provavelmente, levará a equipe comandada por Abel Ferreira a poupar alguns jogadores. Além disso, uma potencial ida do alviverde ao Mundial de Clubes, de 1º a 11 de fevereiro, também pode dividir os planos da equipe.

Por outro lado, o Flamengo é o único que enfrentará um Corinthians, provavelmente em ascensão e sedento para, além de buscar uma vaga na Libertadores, dar o troco em relação à goleada sofrida no primeiro turno, por 5 a 1, quando o Flamengo ainda era dirigido por Domènec Torrent.

O Atlético-MG terá pela frente adversários lutando para não serem rebaixados, como Vasco, Atlético-GO, Sport, Red Bull, Fortaleza e Bahia e outros que ainda almejam vagas na Libertadores, como Santos, Fluminense, Grêmio e Palmeiras. Portanto, os adversários entrarão com a motivação em alta, se as condições estiverem semelhantes às atuais.

A disputa, com isso, entre São Paulo e Flamengo é a mais aberta. Nesta corrida, porém, o São Paulo está na frente. E pode se aproveitar da situação de seus dois principais rivais, Corinthians e Palmeiras, para ficar com o título. Vendo o Flamengo jogar contra um Corinthians motivado e ele, São Paulo, enfrentando um Palmeiras que estará no meio de uma importante decisão de título.

São Paulo levantou um troféu na última década. Veja lista completa

Últimas