Contra o Vasco, Inter mira sequência positiva por briga pela Libertadores

Em nova fase sob o comando do interino Ricardo Colbachini, o Internacional busca mais uma vitória neste domingo, às 16 horas, contra o Vasco, em casa, no Beira-Rio, para se fortalecer na briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores. A partida é válida pela 27ª rodada.

Colbachini, que ainda está invicto desde que assumiu o comando técnico interinamente - empate com o Santos sem gols e vitória por 2 a 0 sobre o Avaí na última rodada - ganhou moral com o elenco e a diretoria e pode ficar até o final da temporada, especialmente depois que o clube gaúcho recebeu uma resposta negativa de Eduardo Coudet.

Uma comitiva com dirigentes do Inter foi a Buenos Aires para conversar com o treinador. Ele, no entanto, não quer deixar o Racing, com o qual foi campeão nacional, neste momento. Dessa maneira, Colbachini está tranquilo para continuar no cargo por enquanto e teve seu trabalho elogiado pelo diretor executivo Rodrigo Caetano. No momento, a equipe gaúcha soma 42 pontos e disputa com Corinthians, São Paulo, Grêmio e Bahia um lugar entre os clubes que vão à Libertadores.

Fora do duelo em Florianópolis, Wellington Silva vai reforçar o time gaúcho neste domingo. O atacante esteve ausente porque participou de outra audiência na Espanha por conta da investigação de um suposto caso de manipulação de resultados.

Na temporada 2010/2011, o atacante defendeu o Levante, clube acusado de "vender" a derrota por 2 a 1 para o Zaragoza naquela temporada. As pessoas próximas ao jogador entendem que o caso está perto de ser encerrado e aguardam a sentença do juiz.

Autor de um belo gol de cobertura que selou o triunfo sobre o Avaí, o meia argentino Sarrafiore agradou Colbachini e pode aparecer entre os titulares. Ele vinha sendo pouco utilizado por Odair Hellmann. Lesionados, o zagueiro Rodrigo Moledo, o volante Rodrigo Dourado e o atacante William Pottker seguem fora.